Troca de tiros aumenta clima de hostilidade na vila Bom Jesus

16 de novembro de 2015

Policial foi baleado durante resistência  no sábado (14); autor dos disparos também acabou ferido

 

Um patrulhamento da Polícia Militar pela vila Bom Jesus, na noite de sábado (14), acabou em troca de tiros e dois feridos, incluindo um policial. Segundo a PM, tudo começou quando a equipe percorria a rua Santo Antônio, onde havia queixas de perturbação e desordem, e um indivíduo desacatou os policiais. Ao abordá-lo, houve resistência.

Identificado como Nelson da Luz de Oliveira, de 41 anos, o resistente teria apanhado a arma do policial no momento em que ambos estavam no chão e o PM tentava algemá-lo, disparando à queima-roupa. Dois tiros atingiram as costas do soldado, e outro o feriu no fêmur.

Em reação, a policial que acompanhava a ação atirou contra Nelson, que, ainda armado, resistia à prisão com apoio de outros envolvidos, segundo a PM.

O policial ferido – soldado Denilson Pavilaki – foi colocado na viatura e levado ao Pronto Atendimento Municipal, posteriormente transferido para Campo Largo. Apesar de utilizar o colete balístico, foi atingido em áreas não protegidas e precisou ser operado. Ainda deve passar por nova cirurgia para a retirada de um projétil, mas seu estado é estável.

Nelson também foi hospitalizado, socorrido pelo Corpo de Bombeiros em estado grave. Segue internado em Campo Largo.

O clima de hostilidade na vila Bom Jesus aumentou depois do ocorrido. A Polícia Militar relatou que vem sendo recebida com resistência no bairro e informou que vai intensificar as operações, com intuito de conter o tráfico de drogas e disparos de arma de fogo na região.

Comentários