Quadrilha explode caixas eletrônicos de agência bancária de Antonio Olinto

06 de abril de 2016

Criminosos agiram na madrugada desta quarta-feira (6) e conseguiram fugir antes da chegada da polícia, mas não levaram nada

 

DSC_0104Fotos: jornal ACONTECEU

 

A agência bancária do Banco do Brasil do município de Antonio Olinto foi o novo alvo das quadrilhas que atacam explodindo caixas eletrônicos. Os criminosos agiram na madrugada desta quarta-feira (6), e fugiram deixando o interior do espaço praticamente destruído.

A explosão foi ouvida pela vizinhança por volta das 3h30 e logo em seguida o pelotão local da Polícia Militar recebeu uma chamada informando que a situação havia acontecido na referida agência. A equipe se deslocou até o endereço e encontrou o interior do banco tomado por muitos escombros, e os caixas eletrônicos arrombados.

Diante dos fatos, foi solicitado apoio das equipes de São Mateus do Sul, São João do Triunfo e União da Vitória nas buscas pelas imediações. A principal pista era um veículo Volkswagen Fox de cor branca que foi visto por moradores fugindo em alta velocidade. Apesar do trabalho conjunto, nenhum suspeito foi localizado até o momento.

Segundo a PM, o Esquadrão Antibombas também foi acionado, mas após análise das informações e imagens enviadas, o local logo foi liberado para a perícia, a cargo dos peritos de criminalística.

Apesar do sucesso da explosão e da fuga, os bandidos saíram de mãos vazias. Segundo a gerência, o caixa eletrônico que possuía valores não foi arrombado. A explosão atingiu o caixa que possuía apenas talonários de cheque.

A gerência informou não ter previsão de quando os serviços poderão ser retomados, levando em conta a proporção dos danos, que comprometeu inclusive a estrutura da agência. No último crime do gênero ocorrido no local, o funcionamento total só foi retomado quase um ano após o ocorrido.

No momento, os atendimentos bancários da instituição no município de Antonio Olinto só poderão ser realizados nos Correios, cujo atendimento ocorre das 9h às 11h30 e das 13h às 15h.

 

Comentários