Polícia desarticula quadrilha que tentava introduzir drogas dentro da cadeia

14 de novembro de 2014

Na tarde desta quinta-feira (7), a equipe do Setor de Investigações Gerais da 3ª Subdivisão de Polícia Civil (SDP) desarticulou uma quadrilha que vinha tentando introduzir drogas dentro da Cadeia Pública Municipal, promovendo assim o tráfico no interior da carceragem. Durante a operação, foram presas três pessoas. Além delas, outros três homens que já se encontravam presos na cadeia e responderão pela participação no crime, uma vez que seriam os responsáveis pela comercialização das drogas junto aos outros detentos. Segundo apurado pela equipe SIG, as drogas vinham do município de Guarapuava e eram fornecidas a parentes de detentos, principalmente do sexo feminino, que escondiam as drogas em suas partes íntimas, para que fossem entregues aos presos durante as visitas.

No dia em questão, a jovem Sirlei Dalcomuni, companheira de um dos presos, foi flagrada durante a revista com aproximadamente 39 gramas de maconha introduzidas na vagina. Além de Sirlei, foram presos em flagrante Karina de Paula Martins, companheira de outro preso, e Ailton Silva, irmão de um detento, por tráfico de entorpecentes e associação para o tráfico. Os indivíduos que estavam presos e participaram da ação criminosa são Alex Neves da Silva, vulgo “Nego”, Cleyton Josimar dos Santos, vulgo “Jiló”, e Manoel Antônio Lorenzetti, vulgo “Boi”. Cleyton e Manoel já cumpriam pena por tráfico de entorpecentes.

 

Comentários