Polícia Civil cumpre mandados de prisão com base na Lei Maria da Penha

05 de maio de 2016

Com informações 3ª SDP

O setor de investigação da Polícia Civil de São Mateus do Sul, sob o comando do delegado Jonas Eduardo Peixoto do Amaral, prendeu, nos dias 3 e 4 de maio, Luiz Adriano dos Santos Zakrzeski e Antonio Carlos Trusczynski dos Santos, por práticas de ameaças e lesões corporais contra as suas conviventes, situações que se amoldam na conhecida Lei Maria da Penha.

Conforme o delegado, são muitos os registros de ocorrências envolvendo agressões, ameaças e perturbações de toda ordem envolvendo pessoas que têm relação de convivência. Por isso, a Polícia Civil estará atenta a essas situações para que, em determinados casos, represente pela prisão preventiva de pessoas que muitas vezes estão descumprindo medidas judiciais impostas, como no por exemplo, a proibição de aproximação das vítimas.

As prisões como as ocorreram esta semana, segundo o delegado, refletem a atuação que visa diminuir o número de casos de violência. “Sempre que a conduta for reiterada ou houver desobediência às determinações judiciais, estaremos representando pelas prisões preventivas, independentemente de eventual prisão em flagrante”.

Comentários