Gerente de agência bancária impede que vítima caísse no golpe do bilhete premiado

28 de julho de 2015

Mulher abordada na rua foi convencida por estelionatários a sacar R$ 15 mil

 

Imagem-jornal---sicredi-Foto: Arquivo

 

Por muito pouco, estelionatários não fizeram mais uma vítima do velho “golpe do bilhete premiado” em São Mateus do Sul. A situação ocorreu na manhã da última segunda-feira (27), quando um casal abordou uma mulher na rua, solicitando que ela o acompanhasse até uma casa lotérica para conferir um possível prêmio de R$ 100 mil. A dupla disse ser de fora e que não poderia receber o valor em São Mateus do Sul por não portar os documentos necessários, e sugeriu à vítima lhe passar o prêmio em troca de R$ 15 mil.

A vítima chegou a ir até a agência bancária Sicredi para sacar o valor de sua conta, o que gerou a desconfiança da gerente, que reconheceu as características do golpe e percebeu o nervosismo da cliente. Ela chamou a polícia, evitando a concretização do estelionato.

Com algumas descrições físicas dos golpistas e do carro que utilizavam, de cor prata, a Polícia Militar deu início às buscas pelos suspeitos, mas eles não foram localizados.

Comentários