Delegacia de Polícia Civil reforça trabalhos com novo delegado adjunto e investigadores

14 de novembro de 2014

Reforço vem em bom momento para Subdivisão, que recebeu recentemente 9 novos investigadores e está conseguindo diminuir índice de criminalidade na região

809DELEGADO-NOVO

Desde a última semana, a Delegacia de Polícia Civil de São Mateus do Sul conta com o reforço de um novo delegado adjunto, vindo do último grupo de delegados formados no Estado. Vinícius Fernandes Maciel trabalhará ao lado do delegado-chefe Nagib Nassif Palma, que comanda a 3ª Subdivisão Policial.

O profissional, natural de Jacarezinho, ocupou uma das mais recentes vagas abertas no Paraná, após concurso que recebeu 18,6 mil candidatos na primeira fase. Formado em Direito, o novo delegado adjunto passou um período na 45ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Pitanga, antes de ser transferido para São Mateus do Sul, onde afirma ter sido bem recebido e alimenta expectativa de poder permanecer. “A equipe me recebeu muito bem, e o delegado Nagib se mostrou um grande chefe. Espero poder colaborar, seguindo a linha de mostrar a presença da Polícia Civil em toda a cidade, trabalhando para proteger a sociedade e tirar de circulação quem insista em infringir a lei”, diz. Com o reforço, a expectativa da Delegacia é que os trâmites dos inquéritos policiais sejam agilizados, dando uma resposta maior e mais rápida à sociedade.

Índices melhoram

DSC_0827

O novo delegado adjunto chega em um considerável bom momento para a 3ª Subdivisão Policial, que vem apresentando evoluções nos índices de elucidação de crimes e redução da criminalidade, conforme mostraram os últimos relatórios a nível de Estado. No dia 5 de novembro, foi divulgado o ranking da Divisão de Polícia Civil do Interior (DPI), relativo ao percentual de soluções dos crimes de homicídios dolosos. A 3ª Subdivisão, que abrange nove cidades da região, foi classificada entre as três que mais solucionaram os crimes de homicídios dolosos, aqueles em que os agentes tinham intenção de matar. O índice marcou 83,33% de elucidação dos crimes na Subdivisão, e especificamente em São Mateus, 100%.

Além disso, de acordo com a Subdivisão, houve queda no número de crimes contra pessoas e crimes contra o patrimônio (furtos e roubos) na região, conforme comparativo do período de janeiro a setembro deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado, ficando entre os melhores resultados do Estado, em balanço da Secretaria de Estado de Segurança Pública.

Nos últimos meses, a 3ª Subdivisão Policial de São Mateus do Sul recebeu mais nove investigadores, e passou a realizar rondas diárias pela cidade, em caráter preventivo.

Para o delegado Nagib, os resultados da Subdivisão refletem basicamente um trabalho intenso de investigação, repressão e prevenção, e ações integradas com a Polícia Militar. “Trabalhamos com o intuito de prestar assistência a todos que precisam da Polícia Civil, seja investigando crimes ocorridos, ou em certas ocasiões, atuando de forma preventiva em busca da antecipação das ocorrências criminosas, por meio de trabalho estatístico e de inteligência”, diz.

Questionado sobre a situação da carceragem do município, o delegado afirmou que a equipe está monitorando a situação dos presos, considerando o alto número de detentos em relação à capacidade da delegacia, e que, diante das várias rebeliões que estão ocorrendo nos presídios do Estado, têm as transferências dificultadas. Hoje, 85 detentos se encontram na carceragem, que tem capacidade para 24.

Fotos: jornal ACONTECEU

Comentários