Saúde também apresenta balanço do quadrimestre

04 de março de 2016

Foram comentados dados financeiros do Fundo Municipal de Saúde e também as ações da Secretaria

 

DSC_0649Foto: jornal ACONTECEU

 

Também na Câmara Municipal, logo após a apresentação das metas fiscais da Prefeitura, na segunda-feira (29), a Secretaria Municipal de Saúde também apresentou um balanço do terceiro quadrimestre de 2015, tanto das contas como dos serviços realizados no período.

Na ausência da secretária Vanessa Santos Andrade Hancz, afastada por motivos médicos, o secretário de Finanças do município, Dejair de Jesus Padilha, apresentou os dados financeiros do Fundo Municipal de Saúde, que também resultaram em déficit. Os recursos repassados pelo município somaram R$ 7,5 milhões, e a receita própria foi de R$ 771 mil. As despesas liquidadas foram de R$ 8,9 milhões, mas, considerando os restos a pagar, empenhos e despesas não empenhadas, houve déficit de R$ 1,8 milhão. O percentual gasto com saúde, que constitucionalmente deve ser de no mínimo 15%, chegou a 33%.

Entre as ações, as servidoras Sirlei Guepert Polak e Mariana Pavoski Silvestre falaram sobre as unidades de saúde, as Estratégias Saúde da Família (ESF), estrutura, veículos, serviços e funcionalismo, e também sobre os atendimentos. No período, foram mais de 26 mil consultas em atenção básica, 41,8 mil consultas e procedimentos de enfermagem e 9,1 mil consultas de especialidades no município, além de 11,9 mil consultas e 11,7 mil procedimentos no atendimento de urgência e emergência. Fora do município, foram agendadas 2997 consultas, entre o Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Iguaçu (Cisvali) e Sistema MV – Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

Comentários