Candidatos a prefeito de São Mateus do Sul não poderão gastar mais do que R$ 108 mil na campanha

29 de julho de 2016

TSE divulgou limite de gastos para campanhas em todo o país; para os vereadores são-mateuenses teto é de R$ 19,3 mil

 

890prefeituraO cobiçado posto de dirigente municipal terá de ser alcançado com recursos limitados (foto: jornal ACONTECEU)

 

Desde a semana passada, está disponível para consulta no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a tabela com os limites de gastos para as campanhas de prefeitos e vereadores no primeiro turno das eleições deste ano. Na capital do xisto, que hoje conta com 32.779 eleitores, os candidatos a prefeito não poderão ultrapassar o teto de R$ 108.039,06. Já os vereadores podem desembolsar até R$ 19.336,97.

Na vizinha Antonio Olinto, que também pertence à 12ª Zona Eleitoral e tem 6.690 eleitores, o limite para as campanhas dos candidatos a prefeito é o mesmo. Já os candidatos a vereadores não poderão gastar mais do que R$ 10.803,91.

As regras para os limites de gastos estão previstas na Lei das Eleições. Na tabela divulgada já estão os valores atualizados, que levam em conta a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O limite foi determinado pela Justiça Eleitoral como uma forma de democratizar mais a campanha, já que os candidatos de maior poder econômico em geral levam vantagem sobre os candidatos com menos recursos.

Comentários

Leia também:

dsc_0296

As últimas impressões de Ledur

23 de dezembro de 2016