Câmara aborda problemas com as vagas especiais de estacionamento

20 de maio de 2016

Vereador pediu mais vagas, mas problema maior é com o respeito às já existentes

 

DSC_0845Foto: jornal ACONTECEU

 

Poucas proposições formaram a 15ª sessão da Câmara Municipal de São Mateus do Sul, na segunda-feira (16). Como projeto de lei, apenas o projeto 029/2016 do Executivo, estabelecendo pedido de crédito suplementar de R$ 204 mil para compra de material de consumo e equipamentos permanentes para postos de saúde, aprovado pelos presentes. Outros temas foram discutidos a partir de indicações e requerimentos, como a questão das vagas especiais de estacionamento.

Márcio Antonio de Lima Barbosa (Cabo Lima) propôs o requerimento 050/2016, para realizar, por meio da Secretaria de Segurança e Trânsito, o estudo de disponibilizar mais vagas para pessoas com deficiências, mobilidade reduzida e idosos em pontos estratégicos como farmácias, clínicas e hospital, com levantamento da demanda. Antonio Wilson Waligurski (Bira) lembrou da necessidade de cobrar mais respeito às vagas já existentes e a devida fiscalização. “Deve-se valorizar o controle dessas vagas com os cartões de multa popular e também a denúncia para a Polícia Militar ir e multar os veículos que ocupam vagas irregularmente”, destacou.

Pelo requerimento 051/2016, Lima também pediu à secretaria responsável a relação de empresas que têm dívidas com a Prefeitura nos anos de 2015 e 2016. Luiz Cesar Pabis sugeriu, pelo requerimento 049/2015, que a Secretaria Municipal de Esporte e Turismo estabeleça, na Semana Municipal do Ciclismo, em agosto, uma rota de cicloturismo, além de duas rotas anuais diferentes.

Entre as indicações, reforma do abrigo do ponto de ônibus do Posto Santana, autoria de Geraldo de Paula e Silva (053/2016); e colocação de redutor de velocidade na rua Eduardo Sprada, próximo à praça na vila Pinheirinho, autoria de Cabo Lima (054/2016).

Sessões extraordinárias foram marcadas para os dias 18 e 19 de maio, para votação de projetos de lei do Executivo solicitada em regime de urgência. Os projetos se referem à merenda escolar, à Secretaria de Segurança e Trânsito e também ao pedido de crédito de R$ 7 milhões com a Fomento Paraná

Comentários

Leia também:

dsc_0296

As últimas impressões de Ledur

23 de dezembro de 2016