Aprovada revisão salarial dos servidores municipais

08 de maio de 2015

Reajuste de 8,42% passou por segunda votação do Legislativo nesta segunda-feira (4)

IMG_5599Vereadores votaram projetos do Executivo, requerimentos e indicações de implantação de redutores de velocidade (foto: jornal ACONTECEU)

 

Os vereadores de São Mateus do Sul aprovaram por unanimidade, nesta segunda-feira (4), a revisão salarial dos servidores públicos e agentes políticos do município, que passou por segunda votação na sessão do Legislativo desta semana. Conforme o texto, a contar do mês de abril, as remunerações ficam corrigidas no percentual de 8,42%, medido pelo acumulado do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), referente ao período de abril de 2014 a março de 2015.

A correção é extensiva aos servidores inativos e pensionistas, e não inclui os profissionais do magistério, cuja revisão já foi discutida em acordo entre o município e a categoria.

Também na sessão desta semana, foram aprovados, entre outros, projeto de aumento do auxílio-moradia e alimentação dos profissionais do Programa Mais Médicos, e abertura de crédito especial no orçamento do município para construção da nova sede das Secretarias Municipais de Obras e de Agricultura. O vereador Manoel Ferretto pediu vistas para este projeto, solicitação que não foi acatada. O projeto foi votado e aprovado com quatro votos a favor — Omar Picheth, Luiz Cesar Pabis, Antonio Wilson Waligurski e Miguel Paulo Ferreira — e três contra — Manoel Ferretto, Márcio de Lima Barbosa e Mário Stuski. O vereador Geraldo de Paula e Silva não esteve presente na sessão.

Os vereadores também aprovaram requerimentos solicitando a visita do secretário municipal de Obras, Albari Rodrigues da Rosa, para esclarecimentos sobre o trabalho da pasta; informações sobre processo licitatório do transporte coletivo; voto de repúdio contra a violência sofrida pelos professores em manifestação em Curitiba; construção de sala de informática na escola de Água Branca; e pedido junto ao Instituto Ambiental do Paraná (IAP) de comercialização da madeira apreendida na área do município para reverter a entidades filantrópicas. Também houve quatro indicações de estudo para implantação de redutores de velocidade na cidade e no interior.

Comentários

Leia também:

dsc_0296

As últimas impressões de Ledur

23 de dezembro de 2016