32.779 eleitores são-mateuenses vão às urnas no domingo

30 de setembro de 2016

Eleições municipais elegem prefeito e vereadores para a próxima gestão

 

dsc_1017Foto: jornal ACONTECEU 

 

Falta pouco para que o cenário político municipal dos próximos quatro anos seja definido. Neste domingo (2), as Eleições Municipais 2016 definem novos prefeitos e vereadores dos 5,5 mil municípios do País, a partir do voto de mais de 144 milhões de brasileiros.

Em São Mateus do Sul, 32.779 eleitores vão às urnas em 106 seções eleitorais, distribuídas em 53 locais de votação. Em Antonio Olinto, também atendido pela 12ª Zona Eleitoral, serão 6.690 eleitores votando em 21 seções, distribuídas em 13 locais de votação. Mais de 400 mesários vão trabalhar nestas eleições em São Mateus, e 84 em Antonio Olinto.

No período de votação, que vai das 8h às 17h, não é obrigatória a apresentação do título de eleitor. No entanto, é necessário apresentar ao mesário um documento oficial com foto. É no título de eleitor que constam informações sobre a zona eleitoral e a seção de cada eleitor, mas elas podem ser consultadas também no portal do Tribunal Superior Eleitoral (www.tse.jus.br).

O eleitor que não votar deve justificar a ausência. A justificativa pode ser feita no dia da eleição em um dos postos de justificativa ou em até 60 dias após a ausência.

Nesta quinta-feira (29), termina a propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão, assim como é o último dia para reuniões públicas, comício e a utilização de aparelhagens de sonorização fixa. A propaganda eleitoral geral, incluindo distribuição de material gráfico, carreata ou carro de som, termina no dia 1º de outubro, véspera da eleição.

 

Conheça seus candidatos

Em São Mateus do Sul, quatro candidatos disputam o cargo de prefeito e 106 buscam uma das nove cadeiras da Câmara Municipal. Em Antonio Olinto, são dois candidatos a prefeito e 33 a vereador.

Além do material divulgado pelos candidatos em suas campanhas, entrevistas e debates promovidos ao longo do período eleitoral, vale lembrar do sistema DivulgaCandContas como mais uma ferramenta para conhecer mais sobre os seus candidatos. O sistema é responsável pela divulgação das candidaturas e das prestações de contas dos candidatos e dos partidos políticos em todo o Brasil, fornecendo informações sobre a situação do candidato, assim como todos os seus dados, conforme foram informados à Justiça Eleitoral. Para consultar, basta acessar o sistema pelo site www.tse.jus.br. Não há necessidade de cadastro prévio.

Ao longo do período eleitoral, o jornal ACONTECEU promoveu uma série de entrevistas com os candidatos a prefeito de São Mateus do Sul. Se você não viu ou gostaria de reler, as quatro entrevistas estão disponíveis na íntegra em nossa versão online (jornalaconteceu.com.br), na aba “política e cidadania”.

 

Orientações da 12ª Zona Eleitoral

Documento oficial com foto é obrigatório para votar!

A exigência está prevista em lei e o presidente da seção eleitoral não autorizará o eleitor a votar caso não apresente o documento oficial com foto, mesmo sendo parente, vizinho, amigo, pessoa pública, candidato, autoridade etc. A regra não comporta exceções e vale para todos! São aceitos: carteira de identidade, passaporte ou outro documento oficial com foto, de valor legal equivalente, inclusive carteira de categoria profissional reconhecida por lei (CREA, OAB, CRM, etc), certificado de reservista, carteira de trabalho, carteira nacional de habilitação, não se admitindo certidão de nascimento ou de casamento.

Anote o número do seu candidato a vereador e a prefeito em uma colinha para que você não tenha dificuldade na hora de votar! No Cartório Eleitoral você poderá obter as colinhas e formulários de justificativa.

O uso de celular e de máquina fotográfica são proibidos na cabina de votação, para assegurar o sigilo do voto. Cabe à mesa receptora de votos monitorar o uso desses objetos enquanto o eleitor estiver votando.

O voto é sigiloso. Ninguém ficará sabendo em quem o eleitor votou. Por isso, não acredite se alguém lhe fala que vai conferir em quem você votou depois da eleição, porque isso não é possível.

Para justificar o voto não esqueça: você deverá comparecer a uma seção eleitoral portando documento oficial com foto e seu título de eleitor. Somente poderá justificar quem estiver fora do município de votação.

Propaganda eleitoral no dia da eleição é crime! Apenas o eleitor pode usar broche, dístico ou adesivo e portar bandeira, da preferência do eleitor por partido político, coligação ou candidato, mas somente de forma individual e silenciosa, pois comentários a respeito de candidatos no dia da eleição e aglomeração de pessoas são considerados crime de boca de urna! Os mesários e secretários de prédio estão autorizados a solicitar a presença das forças policiais no caso de ser verificado qualquer tipo de propaganda eleitoral no dia da eleição.

Partidos políticos e candidatos são proibidos de fornecer transporte ou refeição a eleitores no dia da eleição! O transporte irregular de eleitores no dia da eleição também é crime, portanto, não aceite carona de candidatos, fiscais e de cabos eleitorais. A Justiça Eleitoral disponibilizará transporte gratuito de eleitores por meio de veículos identificados com a tarjeta “A serviço da Justiça Eleitoral” e as linhas disponíveis e os horários poderão ser consultados diretamente no Cartório Eleitoral ou pelo telefone 3532 1056.

Jogar santinhos ou outro material de propaganda no local de votação ou nas ruas próximas, ainda que na véspera da eleição, é ilegal. Será aplicada multa contra o infrator e este também responderá pelo crime de boca de urna.

 

Rotas de transporte

rotas-de-transporte-antonio-olinto

rotas-de-transporte-sao-mateus-do-sul

Comentários

Leia também:

dsc_0296

As últimas impressões de Ledur

23 de dezembro de 2016