Moradora de Antonio Olinto representa a região ao carregar tocha olímpica

22 de julho de 2016

A indicação para participar do revezamento aconteceu devido ao desejo de fazer a diferença por meio do esporte

 

IMG-20160714-WA0002

Foto: DIVULGAÇÃO 

Foram apenas 200 metros, mas a experiência deverá marcar Dulcia Augustinhak dos Santos para o resto de sua vida. A tocha olímpica que passou por algumas cidades do Paraná, no último mês, foi carregada pela professora de Educação Física na cidade de Campo Largo, no dia 15 de julho. Aproximadamente 21 pessoas se revezaram em um clima de muita emoção que envolveu o percurso.

Para ter a honra de representar sua cidade, Dulcia passou no critério de indicação exigido pelo Comitê Rio2016. Qualquer pessoa poderia carregar a tocha, desde que sua história se adequasse aos valores defendidos pela Organização. Dulcia foi indicada pelo marido, que relatou o exemplo de determinação da esposa, em tocar a vida de seus alunos, de forma especial, por meio do incentivo a práticas esportivas. A resposta da indicação chegou por email, como uma surpresa positiva para a professora.

Dulcia classificou o revezamento como um evento muito bem organizado e seguro, onde recebeu informações sobre todo o aparato envolvido, além da recepção acolhedora dos cidadãos de Campo Largo e acompanhamento da organização. “Poder representar o município de Antonio Olinto e as escolas em que trabalho foi uma oportunidade única. Agradeço de coração a todas as pessoas envolvidas, meus amigos, familiares, alunos e colegas de profissão que fizeram com que esse dia se tornasse mais colorido e alegre”, conta.

Comentários