Mesmo com chuva, final de semana teve decisões do 4º Aberto de Tênis

19 de junho de 2015

Atletas de 6 cidades competiram pelas categorias 3ª e 4ª Classe, Iniciantes, Infantil e Vip

 11011808_857084404374941_7938252350635168988_nJovens atletas tiveram destaque na competição (foto: divulgação)

 

O 4º Aberto de Tênis Cepe’2015 promoveu sua segunda fase no último final de semana, com as disputas de 3ª e 4ª Classe, Iniciantes, Infantil e Vip, com equipes vindas de Canoinhas, Irati, Porto União (Jóia Tênis Clube), União da Vitória (Open Tênis) e Videira (Associação Videirense de Tênis), além dos atletas locais. A competição começou no final de maio, e foi dividida em duas etapas devido ao expressivo número de inscritos —58 no total, divididos oito classes.

Foram 65 partidas disputadas, muitas emocionantes, que valorizaram o nível técnico do evento. A final da categoria Iniciante foi disputada por dois atletas de Videira. Já na 3ª Classe, o campeão foi o professor Marco Antônio S. Santos, de Irati, e o vice foi Marcelo Calça, do Cepe. Na 4ª Classe, dois tenistas de União da Vitória foram classificados para final.

O Infantil foi disputado no sistema “todos contra todos”, para que os pequenos tenistas tivessem a oportunidade de jogar mais de uma partida. Foram partidas bem disputadas, tanto que o critério de desempate entre participantes foi o saldo de sets, que definiu Guilherme Coronel como primeiro colocado, enquanto o segundo lugar ficou com Marcos Yoshi Sadas Pereira.

A decisão da categoria Vip, entre o tenista local Rafael Carvalho e o professor Mauri Junior, de Videira, acabou comprometida pela chuva com ventos fortes, que molhou parte da quadra e adiou a disputa para o próximo final de semana. Na ocasião também serão disputados alguns amistosos e um almoço de confraternização.

Tendo em vista o bom resultado da competição, para o esporte, para o clube e também para a cidade, o Cepe adianta que estuda-se a possibilidade da criação de um circuito regional de tênis, com a unificação de regulamentos, formato e premiação. Se implementada, a ideia pode aumentar a visibilidade do tênis regional e permitir a inserção de projetos sociais ligados à modalidade.

Homenagem

O Aberto de Tênis 2015 foi o último evento organizado pela professora Cíntia Brasil no Cepe. Ela, que permaneceu por oito anos e que esteve à frente de grandes inovações no clube, após ter sido contratada pelo então presidente Mateus Tonon, em 2007.

Na tradicional festa do Queijos e Vinhos, foi dela a ideia de trazer uma atração diferente como o Stand Up Comedy para divertir os convidados, e implementar o mapa de mesas para facilitar e organizar melhor a venda de ingressos.

Cíntia Brasil também foi a responsável pelas novas turmas de natação para bebês e crianças pequenas no clube. As competições de natação do Cepe já são tradicionais e prestigiadas por clubes de outras cidades que sempre estão presentes, estimulando desta forma a prática desta modalidade. Também houve a criação do projeto social Adolepeixes, onde as crianças do Adolecentro praticam a natação de forma gratuita no Cepe. Cíntia também esteve à frente de outras ações sociais, angariando roupas, comida, leite e fraldas para as comunidades carentes de São Mateus do Sul.

Nos demais esportes, a professora organizou competições diversas, como ciclismo, triathlon, futebol, futsal, pesca, sinuca, tênis de mesa etc. Também foi ela uma das responsáveis pelas excelentes participações nos Jogos Intercepes, onde o clube conseguiu enviar mais de uma centena de associados para participar nas cidades de Salvador, Natal e Macaé.

Em 2015, a professora resgatou as Olimpíadas do Cepe, de grande sucesso no passado e que agora, num formato diferente, reuniu pais e filhos, crianças, jovens, adultos e idosos num evento que culminou numa integração e união muito gratificante para todos.

A Federação dos Clubes da Petrobras – FCepe parabeniza o trabalho e dedicação exemplar da professora Cíntia Brasil nestes anos de atuação no Cepe São Mateus do Sul e salienta que são pessoas e profissionais como ela que fazem a diferença dentro de um clube sem fins lucrativos como o Cepe.

CINTIA

Comentários