Três Barras pode receber universidade federal

29 de agosto de 2014

Planalto Norte catarinense se articula para que expansão da UFFS contemple a região e beneficie cidades catarinenses e paranaenses

tres-barras

A Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), que tem sede em Chapecó (SC), anunciou, este ano, um plano de expansão externa, e as microrregiões ao redor logo começaram a se articular para serem contempladas com um novo campus da instituição. Entre elas, o Planalto Norte catarinense, que está se mobilizado para que a cidade de Três Barras, a 34 quilômetros de São Mateus do Sul, receba sua primeira instituição de ensino superior.

O assunto vem sendo discutido já há alguns meses, com reuniões específicas nas microrregiões e encontros amplos com representantes de todos os municípios organizados em prol de um campus da UFFS. Em Sessão Extraordinária Ampliada, realizada em Chapecó no mês de julho, cada microrregião apresentou e defendeu sua proposta, para decisão da universidade.

O município de Três Barras formou, no final do mesmo mês, duas comissões, sendo uma técnica e a outra política — a primeira com a tarefa de fazer a elaboração do projeto da universidade na região e também contabilizar a relação de custos, e a segunda para movimentar a comunidade e adquirir o apoio popular no projeto. No dia 15 de agosto, uma caminhada de mobilização foi realizada no município, e contou com coleta de assinaturas de apoio da população. A Prefeitura divulgou a pretensão de levar o protesto para a reitoria da UFFS, junto com a proposta de indicação dos cursos, e continuar, após isso, com mobilizações e caminhadas de apoio.

Conforme declarado pelo prefeito, Elói José Quege, os prefeitos de Canoinhas, Porto União, Mafra, Bela Vista do Toldo e todos os prefeitos que compõe o Planalto Norte catarinense estão se firmando comprometidos com a instalação da universidade no município de Três Barras — que, se ocorrer, vai beneficiar também diversos municípios sul-paranaenses. Os cursos propostos inicialmente pelo município, conforme já divulgado, deverão ser voltados para a economia regional, ligados às engenharias e ciências humanas.

Foto: Assessoria/Prefeitura de Três Barras

Comentários