Projeto Lideranças nas Escolas promove primeiro evento em São Mateus do Sul

04 de novembro de 2016

Iniciativa tem como intuito levar às escolas de ensino fundamental e médio ideias de liberdade e empreendedorismo

 

14895561_1104635566322505_1730065552_oFoto: Colégio São Mateus

 

Uma palestra realizada no Colégio Estadual São Mateus, no dia 26 de outubro, marcou o início do projeto Lideranças nas Escolas no Paraná. O projeto está presente em 20 estados brasileiros, e desde 2015 já atingiu aproximadamente 50 mil alunos, com o intuito de levar às escolas de ensino fundamental e médio ideias de liberdade e empreendedorismo.

“O projeto é um meio de tornar mais acessível aos estudantes as ideias liberais, já que nem sempre há livros disponíveis sobre o assunto nas escolas, bem como palestrantes que tratem do tema. Essa ausência de informações causa uma falta de estímulo ao estudante, que normalmente já tem um desinteresse natural pela política, e por conta disso, acaba por aceitar um modelo pré-definido de carreira conforme é ensinado nas salas de aula”, defende a fundadora do projeto, Lisliê Oliveira.

O conselheiro estadual do Lideranças nas Escolas no Paraná é Lucian Pauli Jaros, de São Mateus do Sul, que explica que o objetivo é criar empreendedores e futuras lideranças liberais, espalhar as ideias até então pouco faladas dentro das escolas brasileiras. “Trazemos uma nova maneira de ver negócios, capitalismo, livre mercado e reafirmamos que é possível traçar seu próprio caminho e criar um mundo melhor pela inovação, empreendedorismo e liberdade. O LnE promove atividades que estimulam a interação dos alunos com o mundo empreendedor, com a ideologia liberal e com a possibilidade de se tornarem líderes em suas carreiras”.

O primeiro evento do projeto no estado, uma palestra sobre liberdade, foi ministrada por Donato Campelo, e ainda esse ano, mais palestras, dinâmicas, grupos de estudos e workshops estarão acontecendo em todo o Paraná, principalmente na região de Curitiba. O LnE conta com conselheiros e vice conselheiros estaduais e, também, os orientadores, que são os voluntários que se comprometem a disponibilizar os eventos nas instituições, contando com o apoio dos corpos docentes e pedagógicos das instituições visitadas, bem como dos alunos e sociedade em geral. Instituições interessadas em convidá-los para um evento podem entrar em contato com o projeto pela página Facebook.com/liderancasnasescolas.

Comentários