“Patas de dinossauro” viram parquinho

17 de junho de 2016

Concurso vencido por aluno possibiilitou instalação de área de recreação na Escola Dr. Paulo Fortes

Foto: jornal ACONTECEU

O pequeno Kauã Metka Juliano, de 10 anos, não teve a real dimensão do resultado de sua criação quando começou a produzir as “patas de dinossauro”. O brinquedo, feito a partir de caixas de leite, foi o campeão de um concurso promovido pela empresa Laticínios Tirol Ltda, com patrocínio da SIG Combibloc do Brasil Ltda, que premiou a Escola Municipal Dr. Paulo Fortes, na qual Kauã estuda, com um novo espaço de recreação, inaugurado durante evento oficial, na última sexta-feira (10).
Desenvolvido com o intuito de atentar os jovens para a importância da consciência ambiental, o projeto Tirolzinho Transforma escolheu o brinquedo feito por Kauã dentre competidores de escolas de segundo e terceiro ano do ensino fundamental, em todo Paraná. O concurso premiou a ideia por ser criativa e funcional, critérios completamente preenchidos pelo trabalho do garoto. “Você pode colocar as caixas nos pés, como patas, e outra caixinha vai nas mãos, como a cabeça do dinossauro. Daí, pode andar com ele. Tive ajuda de um amigo e da minha avó para fazer o brinquedo. Fiquei muito contente em ajudar minha escola”, conta Kauã.
Além da família e amigos, outro grande incentivo veio de Márcia Bensoni Mizga, professora do quarto ano que trabalhou o tema com os alunos em sala de aula. Além do espaço, decorado e equipado, as crianças ainda ganharam kits pedagógicos entregues por representantes da Tirol, no dia da inauguração.
O evento também contou com a presença de membros da administração pública municipal, que prestigiaram o fruto da conscientização ambiental despertada nas crianças por meio dessa ação.

 

Incentivo

Criado em outubro do ano passado, o Tirolzinho Transforma mobilizou cerca de 13 mil crianças de 100 escolas do Paraná. Cinco brinquedos de maior destaque foram escolhidos por voto popular. A escola que conseguiu o primeiro lugar recebeu o valor de R$ 18 mil para revitalizar um área de sua escolha. De acordo com a diretora, Adriana Deretti Ribeiro, o prêmio foi muito importante para a escola Dr. Paulo Fortes por se tratar de um espaço necessário no auxilio e desenvolvimento motor, além da diversão dos alunos.

 

Comentários