Município insiste nos cursos superiores com UEPG

03 de julho de 2015

Após três negativas recentes, Secretaria de Educação tenta mais uma vez garantir manutenção do curso de Ciências Contábeis e trazer nova graduação para São Mateus

 

838cursos uepg

Encontro foi na reitoria da UEPG em Ponta Grossa; decisão, no entanto,
não depende só da universidade (foto: Divulgação UEPG)

 

O momento de crise no Estado está dificultando a extensão de cursos presenciais das universidades estaduais para mais cidades do interior. Exemplo disso é o fim da continuidade do campus da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) em São Mateus do Sul, anunciado recentemente, enquanto o município vive o prejuízo histórico de não ter se desenvolvido no ensino superior. Com poucas armas para ampliar essa oferta, São Mateus do Sul apela para a insistência: apesar de seguidas negativas, continua tentando garantir a continuidade da parceria.

Na sexta-feira (26), o prefeito de São Mateus do Sul, Clóvis Ledur, a secretária municipal de Educação e Cultura, Dinéa Distéfano Wiltenburg, e o coordenador do campus da UEPG no município, professor Sérgio Mongruel, estiveram em Ponta Grossa visitando o reitor, Carlos Luciano Sant’Ana, e a vice-reitora da universidade, Gisele Alves de Sá Quimelli, ocasião em que manifestaram o desejo da população de São Mateus do Sul pela manutenção do campus avançado da UEPG no município, atualmente com o curso de Ciências Contábeis, assim como a implantação de novos cursos presenciais e na modalidade a distância.

O grupo entregou ao reitor uma pesquisa de opinião feita em São Mateus do Sul, sobre a implantação de cursos no campus universitário local, e enfatizaram a importância da presença da UEPG no município.

O reitor recebeu as demandas e solicitou a protocolização desses pedidos para o trâmite nos colegiados e conselhos da instituição, explicando que tais processos, além do acordo entre universidade e município, dependem do aval do governo do Estado.

Segundo a secretária de Educação, um dos cursos da UEPG com maior interesse em São Mateus do Sul, e cuja implantação pode estar dentro das condições de estrutura e logística, é Economia, além da continuidade da graduação de Ciências Contábeis. Esse é o quarto pedido formal do município de São Mateus do Sul pela continuidade do campus. “Estamos elaborando o ofício para ser levado ao Estado. Não podemos perder essa extensão. Foi algo muito batalhado”, comenta Dinéa.

Comentários