Município estuda implantar projeto de incentivo a artistas são-mateuenses

24 de abril de 2015

Iniciativa seria feita em parceria com a banda curitibana Blindagem, que já oferece, em outros municípios, oficinas de capacitação, estimulando a geração de renda por meio da arte

dscn6821Representantes da área receberam Alberto Rodriguez (de preto), para apresentação do projeto (foto: Assessoria PMSMS)

 

Com informações PMSMS

Na última semana, o guitarrista da banda curitibana Blindagem, Alberto Rodriguez, esteve em São Mateus do Sul, para se reunir com a Secretaria de Educação e Cultura e estudar o início de uma parceria que pode ajudar a desassistida classe artística de São Mateus do Sul.  A iniciativa consiste no projeto Geração de Renda – Classe Artística, que visa incentivar, gerar renda e dar visibilidade aos tantos artistas locais.

A reunião contou com a presença do diretor de Cultura do município, Helinton Lugarini, e representantes do setor, para apresentação do projeto e análise da possibilidade de implantá-lo na cidade. Segundo a Assessoria da Prefeitura, o projeto prevê o cadastramento de artistas locais, amadores ou profissionais, para que se tenha o máximo de controle do número de artistas potenciais no município. Na sequência, a banda Blindagem oferece uma oficina de capacitação aos artistas, na qual serão trabalhados temas como cidadania, mercado de trabalho, direitos autorais e geração de renda por meio da arte. Com a capacitação, o projeto prevê apresentações dos artistas na cidade, além de um trabalho de acompanhamento para conscientização profissional.

Para Helinton, o projeto, já executado em parceria com outras prefeituras, vem sendo muito bem aceito e pode colaborar pela categoria. “A Prefeitura não pode contratar todos os pintores, caricaturistas, músicos, compositores do nosso município. Porém, podemos mostrar os caminhos para que possam lucrar com suas artes e, assim, inclusive, gerar renda para o município. Vamos fazer um esforço para trazer este projeto para fortalecer nossa classe artística”, assegura.

Comentários