Karolinka promove a cultura polonesa em mês de festividades típicas

08 de agosto de 2014

Agenda cumpre papel de divulgação da cultura polonesa, por meio do projeto “Conhecendo a Cultura Polono-Brasileira”, que contempla, além da dança, aulas de canto, culinária e língua polonesa

Karolinka

O mês de agosto geralmente é marcado por festividades polonesas em diversas cidades, aumentando também o número de apresentações do Grupo Folclórico Polonês Karolinka. Este ano, serão três participações durante o mês, apresentando o trabalho do grupo nas cidades de Palmeira e Indaial (SC), além de uma apresentação para o público são-mateuense, na comunidade da Água Branca.

A primeira apresentação acontece no dia 17, com a presença dos grupos de dança infantil e adulto, na festa em homenagem a Nossa Senhora de Częstochowa, da colônia Santa Bárbara, em Palmeira.

Já no dia 23, o grupo segue para Santa Catarina, para participar da 5ª Mostra de Folclore Polonês, evento que reúne diversos grupos do Sul do País para apresentação de danças de várias regiões da Polônia. Durante o evento, também é feita a escolha da Rainha do Folclore Polonês.

Fechando a programação de agosto, o coral do Karolinka participa da missa em homenagem à padroeira polonesa na igreja da comunidade da Água Branca, no dia 30.

Para Iris Janoski, bailarina e coordenadora do projeto social “Conhecendo a Cultura Polono-Brasileira”, patrocinado pela Petrobras, as apresentações em outras cidades são oportunidades de divulgação do município e também do projeto. “Mostramos o trabalho realizado pelo Karolinka de diversas maneiras: com camisetas, folders e também com o livro de receitas polonesas, lançado recentemente. Com isso, o Karolinka ganha reconhecimento não apenas pelas danças apresentadas, mas por todo o trabalho em resgatar e manter as tradições polonesas. Isso é motivo de muito orgulho para todos nós, integrantes do grupo”, destaca.

Novos alunos

Quem tiver interesse em participar do Grupo Folclórico Polonês Karolinka pode entrar em contato com a organização pelos telefones 3532 3024 ou 8816 7070. A idade mínima para participar é de quatro anos.

Foto: Arquivo/jornal ACONTECEU

Comentários