Estudantes criam projeto de reaproveitamento de água da chuva

04 de dezembro de 2015

Modelo sustentável visa direcionamento da água para uso em descarga de banheiros e outras utilidades

 

IMG_1941Foto: Divulgação

 

Um grupo de estudantes do curso Técnico em Eletromecânica do Colégio Integral levou a preocupação com o uso consciente da água para o Projeto Terminal (Proter) do curso. Com um sistema de reaproveitamento de água da chuva, propõe que a água que escorreria sem utilização alguma possa ser direcionada para a descarga do banheiro e outras utilidades.

O projeto é dos estudantes João Erivelton de Moraes, Karine Stefaniak, Liryanne Nezgoda e Valdinei de Souza Janoski, sob orientação do professor José Leonel Boianowski, e foi apresentado na semana passada, com auxílio de um protótipo. A ideia consiste em uma instalação que capte a água que cai no telhado, conduzindo-a a uma caixa de captação, para que seja bombeada para uma caixa d’água dentro da casa, chegando então até o destino, que seriam as descargas e torneiras externas.

Os estudantes levaram em conta todos os pormenores do projeto, pensando em um sistema automatizado, dentro dos conceitos aprendidos no curso de Eletromecânica, com a bomba centrífuga para direcionar a água e boias de nível e válvulas solenoides para controlar o fluxo e liberar, se necessário, a água da rua. Até o formato do filtro foi pensado para conservar o máximo possível as caixas de captação. O projeto ainda é bastante maleável, adaptado ao tamanho da casa e ao número de moradores.

O projeto começou a ser trabalhado em março deste ano e foi seguindo todos os critérios de desenvolvimento e avaliação do curso, que culminaram em uma evolução considerável e um resultado eficiente, que pode ser aplicado com mais facilidade em novas construções. “O foco não é tanto econômico, apesar de não ser um investimento alto, mas ecológico”, explica Liryanne, que revela que a ideia surgiu face aos mais recentes problemas com abastecimento de água em algumas grandes cidades. “Mesmo com essas dificuldades que já estão aparecendo, ainda há muito desperdício e falta educação ambiental. Estamos em uma região onde chove muito e essa água da chuva pode muito bem ser utilizada para diversos fins”, explica.

O projeto do grupo motiva que, em um futuro não muito distante, instalações sustentáveis passem a ser mais consideradas na construção de novas edificações, permitindo o consumo consciente e o reaproveitamento de bens naturais tão preciosos, como a água. “Esse projeto define bem o verdadeiro motivo de estarmos buscando sempre aprimorar nossos conhecimentos, no sentido de aplicá-los em nossa vida e na vida da sociedade como um todo”, expressa o professor José Leonel, orientador do projeto. “Espero que essa divulgação ajude mostrar e a conscientizar a todos que, se cada um fizer um pouco pelo nosso meio ambiente, todos sairemos ganhando”.

Comentários