Cultura do tropeirismo será resgatada em grande encontro regional

22 de janeiro de 2016

Primeiro grande evento do ano em São Mateus do Sul vem sendo organizado com empenho para ressaltar história tropeira e homenagear São Sebastião

 

encontro-de-tropeiros

Agora falta pouco para que os entusiastas do tropeirismo de São Mateus do Sul e região possam ver acontecer um dos maiores encontros em homenagem à cultura tropeira. De 7 a 14 de fevereiro, o 2º Encontro Regional de Tropeiros e 1ª Festa de São Sebastião trarão uma semana inteira de atividades voltadas para o tropeirismo, com a presença de nomes importantes do tema da região.

O evento vem sendo organizado há meses por entidades culturais, com grande empenho para valorizar a contribuição deixada pelos tropeiros no desenvolvimento da região e ressaltar São Mateus do Sul como importante caminho utilizado pelas tropas, mantendo marcas e costumes em muitas localidades do interior. É aguardado com grande expectativa pela comissão organizadora, que espera a presença de participantes de diversas cidades e um resultado muito representativo para a cultura local. “O que se propõe é justamente demarcar esse território no qual as tropas passaram e deixaram sua cultura. Reunirá muita gente interessante e será um resgate à história, à cultura e à culinária tropeira”, destaca Francisco Caminski.

 

Programação

A abertura acontece às 8h30 de domingo (7), quando uma tropeada sairá em frente à Casa da Memória levando a imagem de São Sebastião até a Paróquia Nossa Senhora Aparecida e Czestochowa, onde haverá missa solene e almoço.

No dia 10, às 14h, acontece a abertura oficial da exposição “Bruaca Cultural”, na Casa da Memória, com grande acervo da época do tropeirismo. No dia seguinte (11), às 19h, o chef de cozinha Sérgio Buch comanda um workshop de culinária tropeira, seguido de palestra com Therezinha Wolff, ambos na Casa da Amizade (próximo à ponte do Iguaçu).

Na manhã de sábado (13), ocorre o simpósio sobre tropeirismo com os professores Joaquim Osório Ribas e Fernando Tokarski no Centro da Juventude. Às 14h começa a tropeada levando a imagem de São Sebastião até o acampamento tropeiro, próximo à localidade do Emboque. Às 17h, será inaugurado o Marco dos Tropeiros no Emboque, com homenagem ao tropeiro da região Mathias Franco Sobrinho. À noite, no acampamento, haverá jantar tropeiro e atividades culturais.

As festividades se encerram no domingo (14), com a festa no Emboque. Após o café tropeiro no acampamento, os participantes seguem com a imagem santa até o pavilhão onde haverá missa campeira, almoço, bingo e apresentações musicais.

Comentários