Comitiva são-mateuense prestigia jantar em comemoração aos 25 anos da Braspol Nacional

06 de fevereiro de 2015

Representantes do núcleo local da Braspol, do Grupo Karolinka e do Cepom estiveram presentes

Parte-da-comitiva-de-S.-Mateus-com-diretor-da-Wspólnota-Polska

Divulgação/Larissa Drabeski

O dia 27 de janeiro foi uma data especial para a comunidade polônica do Brasil. Neste mesmo dia, há 25 anos, surgia a Braspol Nacional (Representação Central da Comunidade Polono-Brasileira no Brasil). Durante esses anos, a entidade vem trabalhando pela preservação da cultura, dos costumes e dos valores polacos, trazidos ao Brasil pelos imigrantes. A união entre os descendentes desses imigrantes poloneses também está entre as áreas de atuação da Braspol, que se desenvolveu com a criação de diversos núcleos espalhados pelo Brasil. Um dos núcleos mais importantes da instituição situa-se em São Mateus do Sul, fundado em 1991.

Para marcar a data das “Bodas de Prata” da Braspol, mais de 350 integrantes da comunidade polônica se reuniram no restaurante Dom Antônio, no bairro de Santa Felicidade, em Curitiba.

Na ocasião, nosso município esteve representado por uma numerosa delegação, que contou com integrantes de instituições como o núcleo local da Braspol, o Centro Polônico Marcelo Janowski (Cepom) e o Grupo Folclórico Polonês Karolinka. O pároco da Paróquia São Mateus, Silvano Surmacz, também esteve presente, fazendo a benção do Opłatek, que foi partilhado entre os presentes.

Autoridades polonesas prestigiaram o evento, destacando o trabalho realizado pela Braspol para união e reconhecimento da comunidade polônica. Destaque para a presença do embaixador da Polônia, Andrzej Braiter, e da embaixatriz, Katarzyna Braiter; do diretor do Departamento dos Polônicos e Poloneses Além-Fronteiras do Ministério de Relações Exteriores, Jacek Junosza Kisilewski; do cônsul geral da Polônia em Curitiba, Marek Makowski, e da consulesa, Hanna Makowski; do presidente da Organização Wspólnota Polska, Longin Komołowski, e da diretora do Escritório do Conselho Nacional da Organização Wspólnota Polska, Iwona Popławska.

Representantes da Prefeitura Municipal de Curitiba e do Governo Estadual do Paraná também marcaram presença e exaltaram a contribuição dos imigrantes poloneses para a construção da história e da cultura do Estado e também de outras regiões que contam com colônias polonesas.

Comentários