Expo Kumon 2016 reúne mais de 250 pessoas

14 de outubro de 2016

dsc_0012Fotos: jornal ACONTECEU

 

INFORME PUBLICITÁRIO – Foi realizado no sábado, dia 8 de outubro, no Salão Social da Apae, a Expo Kumon 2016, um momento muito aguardado pela comunidade Kumon de São Mateus do Sul, onde são reconhecidos os alunos que se destacaram no aprendizado.

Com a participação maciça dos familiares, os alunos fizeram uma exposição do valor do Método Kumon e do imenso potencial que eles têm ao avançarem um, dois ou três anos, em inglês, português e matemática, em relação ao ano que estudam em suas respectivas escolas.

O Método Kumon foi criado em 1954 no Japão por Toru Kumon (1914-1995). A intenção era fazer com que seu filho tivesse um maior aproveitamento nos estudos. Em 1958 o método tornou-se uma empresa e passou a ser difundido pelo mundo todo. Na América do Sul chegou em 1977, na cidade de Londrina, e se expandiu por todo o país e pela América do Sul.

O método tem uma grande parcela do seu sucesso na participação direta dos pais e na dedicação dos alunos que realizam as tarefas todos os dias, mesmo no domingo. Por isso é que possui o reconhecimento das escolas, ONGs, órgãos governamentais, como um grande complemento nos estudos.

Segundo Ednaldo Conceição Ribeiro, gerente geral do Kumon em Curitiba, é necessário contribuir para resolver os grandes problemas da sociedade. “Os problemas do mundo serão resolvidos pelas pessoas e muitas delas estão aqui, pois confiamos no potencial humano e desenvolvemos ao máximo, sem sobrecargas”.

A apresentação dos alunos ficou a cargo da orientadora do método Kumon de São Mateus do Sul, Rosane Vernizze Arantes Sousa Batista, que homenageou cerca de 90 alunos que se destacaram neste ano. Também foi realizada a apresentação de vídeos demonstrando o desempenho de alunos e o funcionamento do método, além de alunos apresentando ao vivo algumas de suas habilidades.

Ocorreu, ainda, um belo relato da senhora Kotoe Yamazaki, de 70 anos, que comentou sobre a importância do método no aprendizado e comportamento de sua filha. Também comentou do seu próprio aprendizado em inglês, ressaltando que o método não é apenas para crianças e adolescentes, mas para todas as idades.

Nas homenagens foram distribuídos certificados e medalhas de bronze para quem está um ano adiantado, de prata para quem está adiantado dois anos e de ouro para quem está pelo menos três anos adiantado sobre conhecimentos de sua série escolar. Um agradecimento especial de Rosane pela confiança dos pais nesse trabalho desenvolvido e que dá belos resultados, e também a colaboração de sua coordenadora Juliana dos Anjos, que sempre está a postos para apresentar soluções, bem como a sua equipe de auxiliares que realiza um excelente trabalho junto aos alunos e colhem juntos estes resultados.

Foram cerca de 250 pessoas presentes ao evento, recepcionados com um coquetel.

 

Comentários