Uma homenagem à Luiza

23 de outubro de 2015

Nasce Luiza com uma pele muito fininha, com vasos quase expostos e pouca gordura do corpo. Não consegue armazenar calor suficiente para manter a temperatura de seu pequeno corpinho estável para não morrer. O processo de queda de temperatura tem de ser drasticamente interrompido por intervenções médicas.

Ela ainda tem muitas dificuldades respiratórias e é incapaz de respirar sozinha. Recebe suporte de oxigênio por meio de uma cânula que entra na boca, passa pela garganta e vai até os pulmões. Ela é acomodada sobre um colchão térmico. A cabecinha é protegida com uma touca de lã para não perder calor. Ela é levada para a UTI do hospital, onde permaneceu por aproximadamente dois meses, que foi o tempo necessário para que os órgãos amadurecessem e se fortalecessem com a ajuda de aparelhos.

Nesta luta pela vida fica a recém nascida Luiza com apenas 29 semanas, 1060 g e 33 cm. Nossa tão pequena e frágil e ao mesmo tempo forte e guerreira entra numa batalha pela vida.

Os pais de Luiza sentiam um aperto no peito e impotência diante da situação.  Ver seu bem mais precioso lutando para sobreviver, os fez ver a vida com uma outra ótica, a ótica do verdadeiro amor.

Enquanto isso, Luiza luta para conseguir filtrar seu sangue e para não romper nenhuma artéria minúscula em seu cérebro.

A mãe e sua família estavam todos os dias ao lado de Luiza, dando-lhe o suporte emocional que ela tanto precisava. Acho que por isso Luiza lutava, lutava e lutava… Acho que ficava contando as horas para ver a família… Um bebê faz tudo para ver a mãe sorrir. O que Luiza e toda a família queriam era voltar para casa saudável para receber e dar amor.

A linda Luiza está agora sendo amamentada no peito e cresce em graça e estatura.

Como diz: São nos pequenos detalhes que sentimos a mão de Deus.

Obrigada Luiza, por me mostrar o quanto vale a pena continuar lutando.

Obrigada Lilian, por nos mostrar o que é ser uma mãe coragem.

 

Salmo 1:3  Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará.

Cristina Veloso Andreacci
CRM 12570 Titulo de especialista em Ginecologia/Obstetrícia Titulo de especialista em Ultrassom Titulo de especialista em Medicina Fetal Competência pela Fetal Medicine Foundation de Londres Cemmefe.com.br Apoio TV Novo tempo Canal 10 local e Sky 14
cemeffe@gmail.com | http://cemmefe.com.br

Comentários