Um “super ano”

09 de outubro de 2015

Nesse mês de setembro, fez um ano que estou lutando contra essa doença assustadora. Depois do diagnóstico do câncer de mama, muita coisa mudou. Passei por tantas situações novas que parece que faz muito mais tempo.

Fiz 16 ciclos de quimioterapia, 30 sessões de radioterapia, 11 aplicações de herceptin e um incontável número de exames e controle da imunidade. Engordei mais de 10 quilos, perdi os cabelos, cílios, sobrancelhas e momentos em família e amigos. Viagens, passeios e trabalhos importantes. Muita lágrima rolou.

Por outro lado, em razão da intensidade dos momentos e da correria, o tempo passou rápido. Meu cabelo está crescendo, já tenho cílios e já retiro os pelinhos extras das sobrancelhas. Já estou fazendo caminhadas, academia e trabalhando muito. Revejo os amigos com frequência e grudei na minha família e namorado.

Apesar de ainda sentir dores e ter um pouco de dificuldade, dirijo para cima e para baixo, pego estrada, cozinho e ajudo a cuidar da avó velhinha.

Eu já não tenho medo de sair sozinha e confesso adorar as horas que passo em minha própria companhia, quando aproveito para ler e estudar, buscando aprender cada vez mais.

Como estou diferente! Somente passando por essa luta, eu pude perceber o quão pequena sou perante um mundo de vida, lugares e sonhos. Aprendi que não passamos de simples mortais. Ainda, pude perceber o quão grande sou, quando, olhando no espelho, posso dizer: “estou aqui, estou vencendo”.

Apesar de às vezes não conseguir segurar pequenos pesos com as mãos, sei o quanto sou forte por passar por toda essa “novidade” em um ano de lutas e dedicação.

Sei, agora, que não será qualquer fraqueza que me fará desistir da vida, de viver, e viver intensamente cada segundo de alegria.

Aquele que vivencia situação semelhante só deve se orgulhar por ser um super-humano (como alguns pacientes oncológicos se autodenominam).

Eu vivi um ano de super-humano, e desejo que muitos outros “super anos” possam vir, não só para mim, mas para todos que estão comigo nessa batalha. E com esses anos, que venham muitas lutas e resultados positivos, e, principalmente, muitas vitórias e toda a imortalidade que for possível dentro dessa vida.

Francini Franco do Prado

francini.adv@hotmail.com |

Comentários