Todo mundo faz?

13 de fevereiro de 2015

O que é funcionar no automático do “todo mundo faz”?

Todo mundo faz, então não é errado. Será que é mesmo assim?

Realizar as coisas no dia a dia sem se importar com a própria conduta, com o jeito de falar e dos motivos para agir. Parece que isso é o normal, não é?

Parar e pensar ajuda muito a entender quem somos e como funcionamos socialmente. Mas quem quer refletir sobre seu próprio comportamento numa sociedade carregada de relacionamentos descartáveis, inundada de impulsividade, cheia de modelos doentios na mídia, e reagindo agressivamente com facilidade?

O mundo está acelerado e cheio de precocidades. Outro dia chegou às minhas mãos uma propaganda impressa de uma empresa de joias, com um bebê todo maquiado e cheio de joias. Uma imensa artificialidade, uma tristeza, um adulteração da beleza natural de um bebê. Uma criança é um símbolo de pureza e de humildade.

Vivemos na era do sexo precoce, independência dos pais precoce, menstruação precoce, alcoolismo e outras dependências químicas precoces, namoro precoce. Os adolescentes estão anatomicamente aptos para terem sexo, mas estar prontos emocionalmente é algo totalmente diferente. A aceleração atinge muita coisa em nossa sociedade e tira a serenidade, a reflexão, o discernimento.

É preciso coragem para sair do automático do “todo munda faz” e praticar condutas corretas, como dizer não à corrupção, dizer não à falta de responsabilidade, dizer não ao orgulho e praticando, é possível se tornar uma pessoa mais serena e mais ponderada.

Soltar aquilo no que nos agarramos nos liberta de verdade. E nos possibilita crescer como pessoas para sermos úteis à sociedade, responsáveis pelas nossas decisões, e no caminho do amadurecimento na vida. A sabedoria está em fazer as escolhas adequadas e elas — no meu modo de ver, têm que ver prioritariamente com o crescimento espiritual da pessoa. Tudo passa. A velhice e a morte chegam inevitavelmente. Então, o que sobrará é o que mais acumulamos.

Disse-lhe Jesus: Eu irei e o curarei. (São Mateus 8, 7)

 

Cristina Veloso Andreacci
CRM 12570 Titulo de especialista em Ginecologia/Obstetrícia Titulo de especialista em Ultrassom Titulo de especialista em Medicina Fetal Competência pela Fetal Medicine Foundation de Londres Cemmefe.com.br Apoio TV Novo tempo Canal 10 local e Sky 14
cemeffe@gmail.com | http://cemmefe.com.br

Comentários