Situações mal resolvidas

10 de julho de 2015

Estava com uma paciente com câncer de colo uterino que não estava respondendo à quimioterapia. Ela tinha muitas magoas do esposo. Ela estava definhando, e não conseguia perdoar seu esposo.

Algumas situações mal resolvidas podem causar magoas, decepções, culpa e doenças.

Muitas vezes temos que passar tudo a limpo, remexer na ferida para entendermos e dar o perdão tão necessário para que possamos ser felizes.

Ao invés de ficarmos sofrendo e reclamando pelos traumas que vivemos, devemos procurar ser gratos pelas experiências que adquirimos.

Fugir de lembranças que nos feriram é como adiar a felicidade. Vamos perdoar. Dê o perdão a todos aqueles que, em determinada época, foram os vilões de nossa história.

E não confunda perdão com reconciliação.

Devemos perdoar a todos, porém, com alguns deles devemos manter distância, para sempre!

Esqueça o outro… Ele é o que é e nós devemos tomar cuidado com ele!

Mas nós podemos  ficar bem melhores do que é e estamos hoje, com a firme decisão de sair do papel de vítima, deixar de lado a tola ilusão de que o passado poderia ter sido diferente, e seguir em frente! Entenda que o perdão é libertador para nós. É uma poderosa vacina contra a depressão e doenças mais graves, bem como uma chave para uma vida de paz e tranquilidade.

Cristina Veloso Andreacci
CRM 12570 Titulo de especialista em Ginecologia/Obstetrícia Titulo de especialista em Ultrassom Titulo de especialista em Medicina Fetal Competência pela Fetal Medicine Foundation de Londres Cemmefe.com.br Apoio TV Novo tempo Canal 10 local e Sky 14
cemeffe@gmail.com | http://cemmefe.com.br

Comentários