São Mateus do Sul: capital da erva-mate

17 de abril de 2015

Republicação de coluna semanal publicada na versão impressa do jornal ACONTECEU no período de 2009 a 2011

Este título já é bem consolidado, e não é por menos: desde o início do município é forte o cultivo da erva. Pois nesta edição vamos dar uma olhada nesse início, quando se utilizavam métodos mais rudimentares de plantio, colheita e processamento.

Pelas fotos podemos ver o antigo barbaquá, que servia para moer as folhas. A erva era sapecada, depois quebrada, amarrada com taquara para depois ir à secagem e só então seria moída no barbaquá.

Sabemos que as técnicas evoluíram, mas ainda assim continuamos no posto de maior produtor de erva-mate do Brasil, e o povo são-mateuense continua saboreando um dos melhores chimarrões do mundo.

562nelson

Uma família, de alguma região próxima a São Mateus do Sul, ao lado de um antigo barbaquá de moer erva

562nelson2

Confecção de feixes

562nelson1

Bela paisagem com muitos pés de erva-mate (fotos: acervo Casa da Memória)

José Nelson Chaves de Souza

jnelson.souza@gmail.com |

Comentários