No deserto da alta complexidade

17 de abril de 2015

Este final de semana estava de plantão num renomado hospital em São Paulo.

Estava chegando de manhã no setor de alta complexidade obstétrica, ou seja, de grave risco de vida.

Um caso me chamou muita atenção, pois se tratava de uma gestante que havia sido admitida durante a madrugada com hemorragia cerebral e parada cardiorrespiratória(com ausência de batimentos cardíacos e ausência de movimentos respiratórios). Foram realizadas todas as manobras de ressuscitação e, apesar disso, ela evoluiu para óbito. Seu bebê também estava sem batimentos cardiácos. O chefe de departamento solicitou que eu fosse dar a notícia para o esposo.

Pediu para eu ler o prontuário da paciente e, quando eu estivesse pronta, para que eu fosse até uma sala onde estava o esposo para receber notícias de sua amada esposa e seu bebê.

Começei a questionar, por que eu? Dizia dentro de mim: “Eu nem participei do caso, Senhor Jesus, me ajude e ajude o esposo neste momento tão difícil”. Como vou chegar e dizer que sua esposa faleceu e seu bebê também?

Quando terminei de ler o prontuário, respirei fundo, fiz uma oração, abri a porta e lá estava o esposo. Logo me perguntou: E aí Dra, como está minha esposa?

Descrevi com cuidado e humanidade o quadro grave de hemorragia cerebral e a evolução para o óbito materno e fetal. Ele desabou em choro e desespero, eu engolia com muito custo as lágrimas mas tinha me manter forte, o que muitas vezes, confesso, vai além de minhas forças, pois sou humana.

O esposo estava desesperado e gritava, pois sua dor era enorme. Fiquei do seu lado todo o tempo necessário, até que a equipe de apoio chegou.

Como diz o Toquinho em sua música :  “E o futuro é uma astronave que tentamos pilotar. Não tem tempo, nem piedade. Nem tem hora de chegar. Sem pedir licença, muda a nossa vida. E depois convida a rir ou chorar…”

Que nossa luta seja sempre para tentar ajudar nosso próximo, pois somos apenas extraterrestres, estamos só de passagem, a caminho do céu.

Deus nos ajude e nos fortaleça para vencermos a cada dia e que possamos renovar nossa esperança no amanhã.

 

Salmo 91-15  Ele me invocará, e eu lhe responderei; estarei com ele na angústia; dela o retirarei, e o glorificarei.

Cristina Veloso Andreacci
CRM 12570 Titulo de especialista em Ginecologia/Obstetrícia Titulo de especialista em Ultrassom Titulo de especialista em Medicina Fetal Competência pela Fetal Medicine Foundation de Londres Cemmefe.com.br Apoio TV Novo tempo Canal 10 local e Sky 14
cemeffe@gmail.com | http://cemmefe.com.br

Comentários