Não digam…

26 de junho de 2015

No acompanhamento do trabalho de parto, é muito importante a mamãe estar acompanhada com alguém muito, mas muito especial, que geralmente é o papai do bebê.

O trabalho de parto e o momento do nascimento. Por mais desafiador que possam ser, pode unir mais do que qualquer episódio nessa terra. Vocês podem sair dessa experiência se sentindo incrivelmente próximos e confidentes um do outro.

Quando sua esposa estiver em trabalho de parto, é hora de seu esposo dar seu apoio incondicional. Por isso, selecionei umas dicas do que não dizer neste momento tão especial e único que é o trabalho de parto.

Não reclame ou critique

Já vai ser difícil o suficiente sem você falando coisas como: “Você não está fazendo como praticamos” ou “Você tem que manter uma atitude mais positiva, ou vai ficar difícil”. Apoie-a e compreenda. As falas aqui devem ser sempre de estímulos, e os atos também.

Não passe o tempo todo enviando mensagens ou filmando

É bom ter lembranças desse momento, mas lembre-se que ela precisa do seu apoio mais do que o resto do mundo precisa de notícias atualizadas a cada três minutos. Um ou outro filminho de poucos minutos e algumas fotos com o bebê com pouco minutos de vida no colo da mamãe já cumprem bem o papel, e ela vai se sentir importante.

Não protagonize o momento

Muitos homens (a maioria, na verdade) ficam enjoados, tontos ou coisas assim. Mesmo assim, nunca chame atenção para o seu mal estar. Tudo ali está ao redor dela. Se você começar a se sentir mal, não demonstre para sua esposa. Se afaste um pouco e saia da sala.

Não a deixe se sentindo diminuída

Sua esposa, além das dores físicas, vai estar se sentindo muito fragilizada emocionalmente. O medo do parto em si, as incertezas do que fazer e sentir quando o bebê finalmente chegar ao mundo e a responsabilidade para o resto da vida se fazem reais nesse momento. Às vezes você pode banalizar esse sentimento dizendo coisas como: “Que exagero!”.  Não diga nada que a faça sentir diminuída.

Não ignore todo o esforço dela

Sabemos que muitos bebês estão nascendo todos os dias. Cada nascimento é um milagre em si, e sua esposa é uma verdadeira heroína por ter passado por isso. Existem mulheres que decidem não fazê-lo pelo seu corpo, sua carreira e pela responsabilidade que acarreta. O simples fato de sua esposa estar assumindo o papel de mãe já deve ser altamente elogiado e reconhecido, principalmente por você, a quem ela tanto ama e admira.

 

E terás prazer e alegria, e muitos se alegrarão no seu nascimento Lucas 1:14

Cristina Veloso Andreacci
CRM 12570 Titulo de especialista em Ginecologia/Obstetrícia Titulo de especialista em Ultrassom Titulo de especialista em Medicina Fetal Competência pela Fetal Medicine Foundation de Londres Cemmefe.com.br Apoio TV Novo tempo Canal 10 local e Sky 14
cemeffe@gmail.com | http://cemmefe.com.br

Comentários