Microcefalia: perguntas e respostas

27 de novembro de 2015

O Brasil vive uma emergência nacional em saúde. Centenas de crianças no Nordeste nasceram nos últimos meses com cérebros menores do que o normal. É a chamada microcefalia. O Ministério da Saúde teme que a doença se espalhe para o resto do país.

É importante esclarecer que as investigações estão em andamento e até o momento não há definição da causa do agravo, seja infecciosa ou não.

1. O que é microcefalia?  Trata-se de uma malformação congênita em que o cérebro não se desenvolve de maneira adequada. Neste caso, os bebês nascem com perímetro cefálico menor que o normal.

2. Quais as causas desta condição? Esse defeito congênito pode ser efeito de uma série de fatores de diferentes origens, como as substâncias químicas, agentes biológicos (infecciosos), como bactérias, vírus e radiação.

3. A doença pode levar a óbito ou deixar sequelas? Cerca de 90% das microcefalias estão associadas com retardo mental, exceto nas de origem familiar, que podem ter o desenvolvimento cognitivo normal. O tipo e o nível de gravidade da sequela vão variar caso a caso.

4.Diante do cenário atual, qual é a recomendação do Ministério da Saúde? O Ministério da Saúde reforça às gestantes que não usem medicamentos não prescritos pelos profissionais de saúde. Elas devem fazer um pré-natal qualificado e todos os exames previstos nesta fase, além de relatarem aos profissionais de saúde qualquer alteração que perceberem durante a gestação.

Seja forte quando as coisas ficarem difíceis. A realidade pode ser ruim, se pensarmos que ela poderia ser diferente. Existem várias maneiras de se preparar para o que pode acontecer na nossa. Uma maneira sábia é que, apesar das adversidades desse mundo, nós devemos continuar lutando e acreditando que um dia não vai existir mais sofrimento, nem mortes, nem dores e que  Jesus virá e enxugará toda lágrima .

 

Apocalipse 21:4 E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas.

Cristina Veloso Andreacci
CRM 12570 Titulo de especialista em Ginecologia/Obstetrícia Titulo de especialista em Ultrassom Titulo de especialista em Medicina Fetal Competência pela Fetal Medicine Foundation de Londres Cemmefe.com.br Apoio TV Novo tempo Canal 10 local e Sky 14
cemeffe@gmail.com | http://cemmefe.com.br

Comentários