Hábitos destrutivos

29 de maio de 2015

Agradável, fala mansa e marido atencioso, exceto quando estava sob a influência do álcool. Benquisto e bem recebido pelos amigos, no entanto o vício custava-lhe um emprego após o outro. Perdeu a segurança financeira e também os muitos amigos dos bons tempos.

Sua esposa chorava muito e eu tentava consolá-la.

Na União Europeia o álcool é responsável por uma morte em cada sete homens e uma morte em cada 13 mulheres, diz o relatório da Organização Mundial da Saúde.

O álcool é também a principal causa de retardo mental evitável no mundo, segundo o relatório da Organização Mundial da Saúde.

O álcool atravessa facilmente a placenta e prejudica o desenvolvimento cerebral de bebês em gestação. Não há nível seguro de consumo de álcool na gestação.

O álcool está por de trás de todos os tipos de acidentes, mortes nas estradas, violência doméstica, assassinatos, estupros e outras atividades criminosas.

Se um adolescente usa bebidas alcoólicas, a chance de ficar dependente é de 40%, diz o relatório.

São muitas as pessoas acorrentadas devido a esse terrível vício. Sempre escuto histórias de famílias destruídas. Mas saiba que você pode se livrar e livrar sua família, e começar a viver. Iniciar uma nova história. Peça ajuda à sua família, a amigos, a profissionais, e nunca esqueça que existe um Deus maravilhoso que também sofre por você, ao ver você se destruir e deixar as pessoas que convivem com você tristes e magoadas.

Seja feliz ao lado de sua família. Ela te ama muito. Dê esse presente de gratidão a ela, seja sóbrio, valorize-se.

1 Coríntios 6 :19 Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos

Cristina Veloso Andreacci
CRM 12570 Titulo de especialista em Ginecologia/Obstetrícia Titulo de especialista em Ultrassom Titulo de especialista em Medicina Fetal Competência pela Fetal Medicine Foundation de Londres Cemmefe.com.br Apoio TV Novo tempo Canal 10 local e Sky 14
cemeffe@gmail.com | http://cemmefe.com.br

Comentários