Entrando numa roubada

05 de junho de 2015

Quando fazia faculdade de Medicina, não tinha carro como alguns estudantes e trabalhei durante a faculdade vendendo café. Vendia café na faculdade, no Hospital Nossa Senhora de Fátima, no Hospital nossa Senhora das Graças e no Hospital Cajuru.

Meu sonho naquela época era ter um Fusca para ir à faculdade e implementar minhas vendas de café. Fazia três plantões noturnos e no outro dia ficava o dia inteiro na faculdade. Como fazia plantão nestes hospitais, no dia de plantão levava o café para vender.

Minha mãe plantava café no norte do Paraná e mandava para eu vender e assim ajudar com as despesas minhas e de meus irmãos.

Juntei um dinheiro e, com a ajuda de minha mãe, comprei um Fusca cinza. Assim, minha vida ficou mais fácil, pois antes fazia de ônibus todos esses percursos com o café. Só que não sobrou um centavo da compra do Fusca para fazer o seguro do carro, e não demorou muito, um dia, quando terminou a aula, não vi mais o meu querido Fusca. Acho que acabou numa oficina de desmanche e se transformou num buggy. Enfim, nunca mais nos encontramos.

Então iniciei tudo novamente e, lutando muito, trabalhando muito e estudando muito, consegui comprar um Chevette muito barato — parecia que tudo estava dando certo novamente. No norte do Paraná a gente tinha um termo que dizia quando era muito barato: uma galinha morta.

Fiquei muito feliz com a compra do carro, mas de repente descobri que havia comprado um carro roubado.

Fiquei muito triste, pois fui roubada e logo a seguir comprei um carro roubado. A pessoa que me vendeu era conhecida e disse que logo me passaria os documentos e até hoje não vi esses documentos.

Às vezes a gente entra numa roubada, mas para mim, serviu como aprendizado. Aprendi a cair, levantar e não desanimar.

Na vida temos altos e baixos, curvas e retas, mas o importante é seguir a viagem, pois, com fé, força e coragem chegamos no destino final.

O importante é saber quem é o condutor da nossa vida, pois o condutor Jesus sempre nos guia para a vitória.

 

Antes de tudo, sou grato a meu Deus, mediante Jesus Cristo, por todos vocês, porque em todo o mundo está sendo anunciada a fé que vocês têm. Romanos 1:8

Cristina Veloso Andreacci
CRM 12570 Titulo de especialista em Ginecologia/Obstetrícia Titulo de especialista em Ultrassom Titulo de especialista em Medicina Fetal Competência pela Fetal Medicine Foundation de Londres Cemmefe.com.br Apoio TV Novo tempo Canal 10 local e Sky 14
cemeffe@gmail.com | http://cemmefe.com.br

Comentários