CriAtividade

17 de julho de 2015

Criatividade é o substantivo feminino com origem no latim creare, que indica a capacidade de criar, produzir ou inventar coisas novas.

Existe um falso conceito de que criatividade é algo que só deve ser estudado por quem trabalha diretamente com ideias, como publicitários, designers, arquitetos, comediantes, entre outros. Pouca gente sabe que criatividade nada mais é do que uma ferramenta para resolver problemas.

Será que todo mundo tem potencial de ser criativo? A resposta é SIM.

Em tempos de competitividade ou crise, quando as soluções precisam ser encontradas de forma cada vez mais intensa, as empresas começam a valorizar a criatividade em seus colaboradores.

Empresas bem sucedidas sabem da importância de proporcionar e manter a criatividade no ambiente de trabalho. A inovação muitas vezes não vem de competidores mais fortes e mais ricos, mas de iniciativas ousadas, com pequenos passos que acabam provocando grandes mudanças.

Profissionais acomodados e vencidos pela rotina pagarão um preço muito alto por esta estagnação. A criatividade pode fazer a diferença entre o sucesso e o fracasso. É ela que irá selecionar e destacar pessoas.

Estimular a criatividade para o desenvolvimento de novas ideias é uma tarefa por vezes complicada. Afinal, como pensar no que ninguém pensou?

Seguem aqui algumas sugestões de exercícios para estimular a criatividade:

1.       Brainstorm

O mais conhecido de todos. Literalmente, é uma tempestade de ideias que surgem ao mesmo tempo, inicialmente sem sentido algum entre si, porém com o foco no projeto desejado. A partir desse turbilhão, a sua equipe pode examinar os pontos mais interessantes e condizentes, e trabalhar a partir daí.

2.      Dê margem às misturas

A criatividade justamente é o encaixe de ideias divergentes que formam algo novo em nossas mentes. E não há exercício mais divertido do que trabalhar misturando coisas distintas.  É um exercício simples, mas muito prático para estimular a mente.

3.      Joguinhos para distrair e criar

Jogos como tetris, palavras cruzadas e outros com objetivos simples são maneiras de desenvolver pensamentos mais analíticos e relacionados uns com os outros. Em suma, estimula a mente para criar novas possibilidades e aplicá-las dentro de seus projetos.

4.      Inovar é copiar de outras formas

No campo do entretenimento, existe um argumento de que “nada se cria, tudo se copia”, ou “nada se cria, mas se inova”. Não deixa de ser verdade: muitas boas ideias na verdade já foram utilizadas, porém sob novas perspectivas.

Por fim, lembre-se: toda ideia, de certa forma, é uma contribuição. Agradeça a todos que participarem com sugestões, mesmo que estas não sejam aproveitadas. Afinal, essas pessoas poderiam muito bem ter ficado quietas no seu canto. Ao dar uma ideia ou sugestão, as pessoas estão se expondo, o que nem sempre é agradável. Ao agradecer a todos que participarem, você estará estimulando um ambiente mais criativo e descontraído, sinalizando a todos que está aberto para contribuições e novas ideias. Por isso premie as melhores ideias, e agradeça as outras.

 

 

João Clayton Barbosa é empresário e diretor de Comunicação e Marketing da CDL de São Mateus do Sul

CDL São Mateus do Sul

contato@cdlsms.com.br | http://www.cdlsms.com.br/

Comentários