A grande família Effco

27 de novembro de 2015

Republicação de coluna semanal publicada originalmente na versão impressa do ACONTECEU entre 2009 e 2011

 

Olá, amigos! Na metade do século passado, a família Effco era uma das mais conhecidas de São Mateus do Sul. O açougue do Sr. Pedro Effco era a principal venda de carnes da cidade. Naquele tempo, a compra de carnes era feita de uma maneira diferente. Hoje, escolhemos o corte e, em seguida, já temos a carne embalada em nossas mãos. Antes, era preciso deixar no açougue um prato, junto a um bilhete (onde se especificava o corte e a quantidade desejada).

Pedro Effco era natural de Campo Largo e veio para São Mateus do Sul em 1926, por meio de um convite do Sr. Theodoro Toppel. Seu açougue foi instalado, inicialmente, no local onde hoje existe a loja Irmãos Toppel. Em 1936, o Sr. Pedro adquiriu, da família Toporowicz, o terreno onde o açougue funcionou por mais tempo, na Rua 21 de Setembro. Hoje, é nesse terreno que está situada a loja Pernambucanas (por sinal, na foto da fachada do local onde funcionava o açougue, havia uma propaganda desta mesma rede de lojas).

O açougue Pedro Effco comercializava carne suína, bovina e também embutidos. Ao lado do estabelecimento, na 21 de Setembro, havia a Coletoria Federal e a loja de implementos agrícolas de Ledy Roderjan e Julio Skalski — símbolos de um tempo que não volta mais. Um abraço!

 

592nelson

Família Effco reunida no dia do aniversário de 73 anos do Sr. Pedro, em 1955. Filhos, filhas, genros e noras

 

592nelson1

 

O açougue funcionava nesta casa, no terreno da atual loja Pernambucanas. Fotos cedidas por Moacir Paula e Silva

José Nelson Chaves de Souza

jnelson.souza@gmail.com |

Comentários