A audiência

21 de novembro de 2014

Todas as mães têm sempre algo para contar de seus filhos, não sou diferente de vocês e vou contar nesta edição uma façanha de meu filho mais novo.

Entendo que uma audiência é o ato em que as partes se reúnem com o juiz para decidir o conflito.

Meu filho caçula tinha uma grande curiosidade para saber como ocorria uma audiência e assim que minha prima disse que tinha uma audiência, ele prontamente se ofereceu para acompanhá-la.  Na época ele tinha uns 11 anos. Na noite anterior estava muito feliz e ansioso, pois ele iria realizar seu grande sonho, que era estar presente numa audiência, pois desde muito pequeno nutria seu sonho de ser juiz.

Um dia passei uma saia justa com esse meu caçulinha Thiago. Estávamos numa cerimônia no Tribunal de Justiça do Estado do Paraná. Tinha ele uns dez anos de idade, e sentia-se muito à vontade conversando com um desembargador e dizia que sua foto estaria um dia na galeria do tribunal. Olha pessoal, que aquelas fotos são somente para os presidentes dos Tribunais de Justiça. Ainda bem que o desembarcador era muito gentil, educado e confirmou que, com certeza, a foto do Thiago estaria um dia nessa galeria.

Voltando a audiência, logo cedo, o Thiago viajou para Curitiba e então lá foi ele com minha prima para a tão esperada audiência. Chegando lá todos, se sentaram. O juiz chegou e fez a famosa pergunta: se havia acordo entre as partes. Então a única coisa que ele escutou na audiência foi: não tem acordo. Então o juiz disse: a audiência está encerrada, vai ser marcada uma nova e vocês serão avisados.

Pensem na carinha de decepção do Thiago. Esperava uma audiência cheia de leituras, testemunhos, indagações e acusações das partes envolvidas. O Thiago não desistiu de ser juiz e já está terminando o curso de inglês e iniciará um novo idioma, pois diz que um desembargador tem que aprender a se comunicar em outros idiomas.

Todos nossos filhos têm sonhos e nós temos que incentivá-los a alcançá-los.

Sempre falo aos meus filhos que eles tenham muito discernimento e peçam sabedoria a Deus como a do Rei Salomão, que foi um grande rei e juiz em Israel. Nas minhas orações sempre me lembro de nossas autoridades constituídas como nossos juízes, promotores, prefeito, delegado, pois entendo que eles fazem o seu melhor por nossa comunidade.

Aos juízes, meu agradecimento especial por inspirarem meu filho caçula a sonhar com tão nobre profissão.

 

E estabeleceu juízes na terra, em todas as cidades fortificadas, de cidade em cidade. 2 Crônicas 19:5

Cristina Veloso Andreacci
CRM 12570 Titulo de especialista em Ginecologia/Obstetrícia Titulo de especialista em Ultrassom Titulo de especialista em Medicina Fetal Competência pela Fetal Medicine Foundation de Londres Cemmefe.com.br Apoio TV Novo tempo Canal 10 local e Sky 14
cemeffe@gmail.com | http://cemmefe.com.br

Comentários