Vivendo por dias em uma praça, casal comove moradores

31 de outubro de 2014

Casal que veio de Ponta Grossa após uma oportunidade de emprego frustrada recebeu auxílio da população

DSC_0101

A situação de um casal que vislumbrou São Mateus do Sul como um possível lar e fonte do esperado emprego comoveu os moradores, nos últimos dias, que avistaram os dois vivendo na praça ao lado do antigo Colégio das Irmãs, prédio hoje ocupado pela Secretaria de Educação e Cultura. Com poucos pertences, Fabiano Antonio de Oliveira Ferreira e Maricleia Aparecida Lopes alternaram sua estada na praça e na Casa de Passagem São Vicente de Paulo, e se viraram de doações e pequenos trabalhos nas redondezas.

Segundo Fabiano, ele e a companheira chegaram a São Mateus no início de outubro, depois de não ter conseguido uma prometida oportunidade de trabalho em Ponta Grossa. Ele, natural de Palmeira, e ela, de Curitiba, dizem estar à espera do primeiro filho, e de um trabalho que possa sustentar a nova família. “Eu ia trabalhar em uma leiteria em Ponta Grossa, mas quando chegamos, já haviam preenchido a vaga. Então resolvemos arriscar vir para cá, mas também está um pouco difícil”, conta Fabiano, que nos últimos dias conseguiu realizar pequenos serviços, como limpezas de gramados.

Devido à solidariedade de muitos moradores, a situação delicada do casal foi amenizada com muitas doações, e a divulgação de sua história na internet alavancou o apelo por assistência e oportunidades para os dois. Segundo a Secretaria Municipal de Ação Social, o setor entrou em contato com a Casa de Passagem — entidade que acolhe em caráter de pernoite por até três dias — para que eles pudessem retornar ao local no último final de semana. A Secretaria também informou que, ao longo desta semana, fez contato com o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) de Curitiba, da região de origem de Maricleia, para a possibilidade de retorno à cidade, mas até o fechamento desta edição, o setor ainda não havia informado se conseguiu contato com familiares.

Nesta quarta-feira (29), o jornal ACONTECEU obteve a informação de que o casal foi acolhido em uma chácara, onde Fabiano vem prestando serviços ao proprietário, e também ao Clube Ideal Sãomateuense. Na mesma manhã, um veículo da assistência social trouxe Maricléia à cidade para uma consulta médica, relacionada à gravidez.

Foto: jornal ACONTECEU

Comentários

Leia também:

Prefeito, vice e vereadores tomam posse em Antonio Olinto

Posse em Antonio Olinto

02 de janeiro de 2017

sem-titulo-1

Retrospectiva 2016

23 de dezembro de 2016