Secretaria de Finanças apresenta desempenho fiscal do 2º quadrimestre

10 de outubro de 2014

Demonstração de receitas e despesas indicou perspectiva de cumprimento da meta orçamentária de 2014

DSC_0023

Na sexta-feira (26), a administração municipal, por meio da Secretaria Municipal de Finanças, realizou a audiência publica em cumprimento à lei que determina demonstração e avaliação de cumprimento das metas fiscais relativas ao segundo quadrimestre orçamentário.

A audiência aconteceu na sala de reuniões da Prefeitura Municipal e contou com a presença de secretários municipais e vereadores, que tiveram a oportunidade de conhecer e analisar o balancete com os dados de receitas e despesas e o desempenho fiscal da administração, além do Fundo Municipal de Saúde, Fundo de Reequipamento do Corpo de Bombeiros (Funrebom) e Fundo de Previdência.

O secretário municipal de Finanças, Renato Possebon, apresentou os balancetes com os resultados da receita arrecadada até o dia 31 de agosto, que alcançou o total geral de R$ 51.799.674,77. O valor representa 67% da receita projetada para o ano de 2014 e demonstra que a meta estabelecida no orçamento vem sendo cumprida, com expectativa de alcançar os 100% nos quatro meses seguintes.

Já as despesas da administração municipal, de acordo com os dados, totalizaram no período o valor de R$ 41.717.349,86, também, segundo o secretário, dentro das metas previstas no orçamento.  Nas áreas de destinação, destacaram-se a educação, com despesas de R$ 16.869.630,54 — 78,30% da meta orçada para o ano —, e saúde, com total aplicado de R$ 15.269.047,76, representando mais de 30% das despesas totais do município. “Os valores aplicados tanto na educação como na saúde demonstram o interesse da administração em priorizar estes dois setores. Na saúde, no sentido de ampliar o atendimento médico oferecendo mais exames, atendimento às especialidades e mais medicamentos, bem como aumentando as vagas para internamento com o convênio com o hospital de Campo Largo. Para a educação, além da ampliação de vagas de creches, o material escolar adquirido para fornecimento a todos os alunos da educação infantil, que pela qualidade, além do treinamento dos professores, certamente melhorará a qualidade do ensino básico”, afirmou Possebon. O secretário de Finanças destacou também o desempenho da Secretaria Municipal de Assistência Social, que já cumpriu as metas no período,. aplicando R$ 2.877.184,95.

Com relação ao gasto com pessoal, o secretário ressaltou que o índice está dentro do limite previsto pela Lei de Responsabilidade Fiscal e que vem sendo monitorado constantemente.

Foto: PMSMS

Comentários

Leia também:

Prefeito, vice e vereadores tomam posse em Antonio Olinto

Posse em Antonio Olinto

02 de janeiro de 2017

sem-titulo-1

Retrospectiva 2016

23 de dezembro de 2016