São Mateus do Sul tem projeto para implantação de ciclofaixas no centro

22 de abril de 2016

De olho nas diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana, município estuda readequações em ruas estratégicas para atender ciclistas

 

DSC_0729Foto: jornal ACONTECEU

 

A cidade de São Mateus do Sul se desenvolveu, ao longo dos anos, sem levar em conta formas alternativas de transporte, embora muita gente faça uso de meios como a bicicleta, por exemplo. E hoje, a Política Nacional de Mobilidade Urbana atenta para a necessidade de se pensar em mobilidade sustentável, exigindo adaptações na área urbana de muitos municípios que precisam levar a sério esta preocupação. Na capital do xisto, um projeto propõe uma readequação nas principais ruas do centro e enfim um espaço apropriado para os ciclistas: ciclofaixas.

A proposta foi apresentada formalmente no dia 12 de abril e segue no papel, uma vez que o município ainda não conta com os recursos necessários à sua implantação. Porém, a iniciativa já é positiva uma vez que deu atenção para a questão e mostrou que é possível adaptar a cidade para a mudança.

Estão no projeto inicial as ruas Ulisses Faria, João Gabriel Martins, Dom Pedro II, Tenente Max Wolff Filho, Dr. Paulo Fortes e Desembargador Joaquim Ferreira Guimarães, que passariam a contar com ciclofaixas de 1,5 metro. Além de pleitear a verba (cerca de R$ 250 mil), o município ainda deve realizar um diagnóstico junto à população, para identificar a situação atual dos deslocamentos de ciclistas na cidade, além de compreender as necessidades e expectativas dos cidadãos em relação à possível consolidação do projeto.

Segundo a arquiteta Geruza Vieira, da Secretaria Municipal de Obras, a intervenção exigiria repintura e readequações no tamanho das pistas, além de uma natural mudança cultural. “A questão é adaptar, e também espera-se que as pessoas estejam abertas à mudança, respeitando os espaços, andando no lugar certo”. Para ela, esse estímulo representaria inúmeros benefícios. “O transporte alternativo propicia a questão da sustentabilidade, traz facilidade e também economia. É um estudo que merece bastante atenção”, comenta.

 

Ilustração/Smop

Comentários

Leia também:

Prefeito, vice e vereadores tomam posse em Antonio Olinto

Posse em Antonio Olinto

02 de janeiro de 2017

sem-titulo-1

Retrospectiva 2016

23 de dezembro de 2016