Plano de Cargos e Salários chega em breve à Câmara, diz Prefeitura

11 de setembro de 2015

Anúncio foi feito em reunião entre servidores e a administração municipal, na semana passada

 

848plano-de-cargos-e-salários

 

Com informações da Assessoria PMSMS

A Prefeitura de São Mateus do Sul divulgou os próximos passos em relação à implantação do Plano de Cargos, Carreira e Salários dos servidores municipais, prometida desde o início da gestão pela atual administração. Em conversa promovida pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SindiServidores) na quinta-feira (3), o prefeito, Clóvis Ledur, anunciou que o projeto seria enviado à Câmara Municipal nos próximos dias, possivelmente até esta sextafeira (11), para apreciação dos vereadores.

O Plano de Cargos foi elaborado a partir de parceria entre a Prefeitura e o Sindiservidores, prometendo avanços para o funcionalismo público são-mateuense, corrigindo problemas e gerando progresso na remuneração dos servidores, com condições salariais adequadas a cada função. Entre os destaques está a possibilidade de ascensão de carreira. “Estamos elevando os padrões das categorias e criando justiça nos vencimentos, possibilitando aos servidores um crescimento salarial de 1% ao ano, com possibilidade de progressão em até 30 níveis de crescimento. Além disso, vamos estimular o servidor a estar sempre se capacitando, garantindo maior remuneração àqueles que estiverem preocupados em ter uma titulação em sua área de atuação”, explicou o secretário municipal de Finanças, Dejair de Jesus Padilha, referindo-se ao sistema anual de avaliação de desempenho dos servidores.

O Plano de Cargos dos servidores são-mateuenses surge em um momento delicado de dificuldades financeiras em muitas prefeituras. A administração de São Mateus do Sul e o Sindicato asseguram que as mudanças não comprometerão as finanças municipais. “Contratamos assessoria especializada para ajudar a estruturar o Plano juridicamente e economicamente, para que o resultado fosse o mais justo possível para os servidores e que, ao mesmo tempo, não prejudicasse financeiramente a Prefeitura”, apontou a presidente do SindiServidores, Rosiane Cunha Libel.

O Plano promete extinguir a controversa Gratificação por Tempo Integral de Dedicação Exclusiva (Gtide), que permite remuneração adicional dos vencimentos de alguns cargos.

Comentários

Leia também:

Prefeito, vice e vereadores tomam posse em Antonio Olinto

Posse em Antonio Olinto

02 de janeiro de 2017

sem-titulo-1

Retrospectiva 2016

23 de dezembro de 2016