Padre Silvano Surmacz completa 25 anos de ordenação

11 de dezembro de 2015

Jubileu de prata foi comemorado na Igreja Matriz São Mateus, onde ele é pároco há quase 9 anos

 

12356787_419936504871915_6191431353603066836_oFotos: New Color 

 

A Igreja Matriz São Mateus foi palco de um momento festivo, na última terça-feira (8). O pároco Silvano Surmacz comemorou 25 anos de ordenação, homenageado em uma celebração que reuniu religiosos da região, amigos e membros da comunidade.

No mesmo mês em que comemora o jubileu de prata, Silvano completa 9 anos como pároco da Matriz de São Mateus do Sul, cidade onde foi acolhido com grande carinho da comunidade, conquistada pelo seu trabalho religioso e personalidade marcante e bem humorada. “Tornar-me padre foi um chamado que recebi ainda criança, de servir a Deus de uma maneira diferente, alegre, participando da comunidade”, conta, revelando-se surpreso com o carinho recebido na data comemorativa. “É gratificante, pois nos dedicamos, mas recebemos um retorno cem vezes maior”.

A cerimônia de jubileu de prata presbiteral reuniu 47 padres e dois bispos, Dom Agenor e o bispo emérito Dom Walter. Após a celebração, houve um jantar no salão paroquial.

 

Biografia

Sexto filho dos sete filhos homens do casal Theodoro e Ksenka Bereza Surmacz, já falecida, Silvano nasceu em 19 de abril de 1966 em Rio Azul, Paraná. Terminados seus estudos primário e secundário naquela cidade, ingressou no recém-inaugurado Seminário Diocesano Nossa Senhora Rainha das Missões, em União da Vitória, em 1984, onde cursou Filosofia e Teologia.

Foi ordenado presbítero, juntamente com seu conterrâneo padre Luiz Kendierski (missionário scalabriniano), pelas mãos do bispo diocesano de então, Dom Walter Michael Ebejer, na Igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus em Rio Azul, no dia 8 de dezembro de 1990.

Logo em seguida, tornou-se pároco da Paróquia São Miguel Arcanjo, em Porto Vitória, onde morou por sete anos. Em fevereiro de 1998, assumiu a Paróquia São José Castíssimo Esposo da Virgem Maria, em Antonio Olinto, onde ficou por nove anos. Nesse meio tempo, entre 2000 e 2002, morou em Roma, onde fez mestrado em Filosofia. No dia 31 de dezembro de 2006, assumiu a Paróquia São Mateus.

 

Comentários

Leia também:

Prefeito, vice e vereadores tomam posse em Antonio Olinto

Posse em Antonio Olinto

02 de janeiro de 2017

sem-titulo-1

Retrospectiva 2016

23 de dezembro de 2016