Orçamento municipal para 2016 é de R$ 109 milhões

04 de dezembro de 2015

Lei Orçamentária Anual apresentou previsão de receitas e despesas para 2016

 

DSC_1250Foto: Assessoria PMSMS

 

A Secretaria Municipal de Finanças apresentou, em audiência pública realizada na semana passada, a Lei Orçamentária Anual (LOA) de São Mateus do Sul para 2016, indicando as previsões de receita e despesa para o último ano da gestão Clóvis Ledur. O orçamento, que abrange Prefeitura, Fundo Municipal de Saúde, Câmara Municipal, Fundo de Reequipamento dos Bombeiros e Instituto de Previdência, prevê R$ 109 milhões.

Apesar de orçamento passar dos R$ 100 milhões este ano, o município prevê déficit: as despesas devem chegar a R$ 115 milhões. Embora a receita deva melhorar em alguns aspectos, como o Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU), o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e Fundo de Participação dos Municípios (FPM), é prevista queda em outros, como o Imposto Sobre Serviços (ISS) e os royalties. Além disso, várias despesas devem aumentar, como os vencimentos e obrigações patronais, as subvenções sociais, locação de mão-de-obra e material de consumo.

Segundo explanado pelo secretário municipal de Finanças, Dejair de Jesus Padilha, na Câmara Municipal, o aparente déficit de R$ 6 milhões entre receitas e despesas deverá ser coberto com a redução de aplicações na saúde. A Promotoria de Justiça está atuando com ações contra o governo do Paraná, para que o Estado assuma diversas ações que lhe são obrigatórias em relação à saúde e que o governo municipal vem arcando, principalmente relacionado às especialidades médicas.

Comentários

Leia também:

Prefeito, vice e vereadores tomam posse em Antonio Olinto

Posse em Antonio Olinto

02 de janeiro de 2017

sem-titulo-1

Retrospectiva 2016

23 de dezembro de 2016