Menino laçador traça futuro promissor nos rodeios Brasil afora

20 de fevereiro de 2015

São-mateuense Pompílio Andrade Ramos Neto faturou título máximo em rodeio nacional, somente uma das muitas conquistas em apenas 13 anos de idade

IMG3

Um são-mateuense de apenas 13 anos vem amedrontando muitos competidores experientes nos desafios de laço dos rodeios Brasil afora. Pompílio Andrade Ramos Neto acumula títulos em provas nas quais compete lado a lado com adultos. O último foi no 17º Rodeio Nacional dos Campeões, realizado em Piratuba (SC), no primeiro final de semana de fevereiro. Faturou os títulos Braço de Ouro e Braço de Diamante.

A organização do evento admitiu que Pompílio foi o primeiro menino a ganhar o Braço de Diamante, título bastante disputado e limitado a adultos com experiência. Além da mais recente e aplaudida conquista, o menino já soma mais de mil troféus, em rodeios de vários estados, faturando três carros e outras muitas premiações. “Ele já se tornou conhecido nos rodeios. Chamam ele de Pequeno Príncipe”, orgulha-se a mãe, Juliana Franco.

Pompílio vem de uma família de laçadores, e pratica desde os três anos, treinando humildemente em frente de casa, na chamada Rua da Raia, com uma égua nomeada carinhosamente de Vanderleia. Alterna os estudos da sétima série, durante a semana, como as provas que participa praticamente todo final de semana, na companhia dos pais. “Vemos que ele faz o que gosta, que se diverte. E é o que também gostamos, então estamos sempre juntos. Os rodeios têm essa característica de reunir famílias inteiras”, conta Juliana.

Além dos desafios individuais, Pompílio compete também nas provas Pai e Filho, na companhia de Edilson Andrade Ramos, em dupla e por equipe. Segundo a família, já chegou a faturar várias categorias em um único evento, por isso, é amplamente conhecido no mundo dos rodeios. Levando o nome da cidade por onde passa, garante reconhecimento e um promissor futuro como laçador.

Fotos: Arquivo pessoal

IMG-2

 

Comentários

Leia também:

Prefeito, vice e vereadores tomam posse em Antonio Olinto

Posse em Antonio Olinto

02 de janeiro de 2017

sem-titulo-1

Retrospectiva 2016

23 de dezembro de 2016