Igreja ucraniana de Antonio Olinto se torna Santuário de Nossa Senhora dos Corais

25 de novembro de 2016

Santa é considerada padroeira dos ucranianos no Brasil

 

dsc_6469Fotos: Gi Fotografia 

 

A igreja que há muitos anos é destino de romeiros da região e também de gente que vem de longe, agora tornou-se oficialmente um marco da fé católica dos descendentes ucranianos. Durante celebração comemorativa pelos 25 anos da romaria a Nossa Senhora, no domingo, 20 de novembro, a Igreja da Imaculada Conceição de Nossa Senhora, em Antonio Olinto, foi declarada Santuário de Nossa Senhora dos Corais, e a santa padroeira dos ucranianos no Brasil.

O título foi decretado pelo arcebispo metropolita Dom Volodemer Koubetch, em meio a uma multidão de fiéis que se reuniu na Igreja e no seu entorno após a romaria. Toda a história atribuída ao lugar justifica: Antonio Olinto é uma das mais antigas e tradicionais colônias ucranianas do Brasil.

Atualmente patrimônio cultural do Paraná, a igreja foi inaugurada em 1913, projetada em estilo bizantino, com planta cruciforme e cinco cúpulas. Ricamente decorada, é considerada uma relíquia da imigração ucraniana no Paraná. “Esta Igreja representa o trabalho, a luta e a vida dos primeiros imigrantes que chegaram e, muito religiosos, queriam manter suas tradições, construindo tudo com muito esforço e tornando este um símbolo da imigração”, conta o padre Mário Ciupa.

No interior da Igreja, ainda há outra relíquia: a venerada imagem de Nossa Senhora dos Corais, que há décadas é referência histórica, cultural e principalmente espiritual, e à qual são atribuídas muitas graças. Resultado, novamente, do esforço da comunidade por meio de doações, a imagem foi confeccionada na forma de um mosaico de pedras preciosas e corais, que acabaram por dar nome ao ícone e, agora, ao santuário. “Diante de toda essa história, do que a Igreja e o ícone representam, a devoção e todas as bênçãos e graças alcançadas, vem o reconhecimento”, enfatiza o pároco.

Na mesma ocasião da celebração, ainda foi inaugurado o Memorial de Criação do Santuário Nossa Senhora dos Corais. A conquista, segundo o padre Mário, foi resultado do interesse do povo local e de diálogo com bispos, arcebispos e estudiosos da igreja oriental, chegando ao aval de Roma. A Igreja, que já vinha sendo destino de devotos de todas as regiões do país, começa a atrair ainda mais fiéis. “Antonio Olinto fica conhecida no mundo pelo Santuário de Nossa Senhora dos Corais, que não pertence somente à comunidade local, mas a toda a igreja ucraniana no Brasil”.

 

Comentários

Leia também:

Prefeito, vice e vereadores tomam posse em Antonio Olinto

Posse em Antonio Olinto

02 de janeiro de 2017

sem-titulo-1

Retrospectiva 2016

23 de dezembro de 2016