Dia da Liberdade de Impostos teve gasolina isenta de tributos em São Mateus

29 de maio de 2015

4 postos de combustíveis participaram de ação promovida pela CDL Jovem para conscientizar sobre a pesada carga tributária

Durante a tarde de quinta-feira, 21 de maio, a gasolina custou R$ 2,05 o litro em quatro postos de combustíveis de São Mateus do Sul. Como era de se esperar, os estabelecimentos lotaram de clientes e rapidamente os mil litros disponíveis em cada um a preço reduzido se esgotaram. A ação foi uma iniciativa da Câmera de Dirigentes Lojistas (CDL) Jovem de São Mateus do Sul, em parceria com os postos GPR Ipiranga, Castrovel, Iguaçu e São Mateus, em alusão ao Dia da Liberdade de Impostos (DLI).

A data é celebrada em nível nacional, pois corresponde ao fim do período equivalente do ano trabalhado somente para pagar os impostos, considerando a carga tributária brasileira corresponder a 40% do Produto Interno Bruto (PIB). Em São Mateus do Sul, foi a primeira ação alusiva, a fim de conscientizar os consumidores sobre o peso dos impostos nos produtos e serviços do dia a dia.  “Não foi uma promoção, um protesto, mas uma ação de conscientização, que teve um resultado bastante positivo”, conta o coordenador geral da CDL Jovem de São Mateus do Sul, Felipe Samistraro Staniszewski. “As pessoas não enfrentaram filas pela vantagem financeira, mas pela oportunidade de consumir algo sem o peso dos impostos”.

A maioria dos consumidores, por sua vez, desconhecia a real proporção dos tributos na gasolina, um dos produtos mais essenciais do dia a dia, e aprovou a iniciativa. “Eu não tinha ideia, e agora, com esse desconto, percebi como está muito alto”, comenta o auxiliar de produção Alfredo Necke, que abastece a cada vez uma média de 20 litros de gasolina, suficientes para 20 dias de uso. O técnico em Contabilidade Rodrigo Filho também foi conferir a campanha, e opina quanto ao mau investimento feito com tantos impostos.  “Já somos vítimas de cargas tributárias excessivas, e não vemos o retorno na saúde, educação e segurança. Nós, brasileiros, trabalhamos duro para pagar tantos impostos e esperamos que a administração pública faça uma gestão racional dos recursos e combata de forma irrestrita os casos de corrupção”, destaca. Para o auxiliar de amostragem Cristiano Balestreri, a campanha veio em boa hora. “É um modo de reivindicar o que está acontecendo no Brasil. Vejo o noticiário mostrar o valor dos tributos e a gasolina é um exemplo de algo que é muito mais barato fora do país”, comenta.

Entre os empresários, a iniciativa foi bastante válida: “Foi importante mostrar para a população como a cobrança dos impostos é abusiva, e que não é fácil determinar o valor final do produto para o consumidor”, destaca o proprietário dos postos Castrovel, São Mateus e Iguaçu, Carlos Rogélio de Castro.

A CDL Jovem já adianta que pretende implantar a campanha todos os anos, abrangendo também outros estabelecimentos e produtos. Este ano, a ação também contou com a parceria do Rotary Club Xisto do Iguaçu.

DSC_0627

Logo após o almoço, filas começaram a se formar nos quatro postos participantes; todos, clientes interessados em aderir à campanha e a se surpreender com o peso dos tributos na gasolina (fotos: jornal ACONTECEU)

DSC_0669

DSC_0677 DSC_0650

Comentários

Leia também:

Prefeito, vice e vereadores tomam posse em Antonio Olinto

Posse em Antonio Olinto

02 de janeiro de 2017

sem-titulo-1

Retrospectiva 2016

23 de dezembro de 2016