Despesas do município aumentam em 2015

05 de junho de 2015

Resultado das contas do 1º quadrimestre mostra crescimento de 27% nos gastos em relação ao mesmo período do ano passado

834previdênciaPequeno público acompanhou divulgação do balanço (foto: jornal ACONTECEU)

 

As despesas do município estão maiores em 2015. É o que mostraram os resultados das metas fiscais primeiro quadrimestre deste ano, apresentados em audiência pública realizada na última sexta-feira (29), na Câmara Municipal, diante de pequeno público presente. Enquanto a receita do período cresceu sutilmente, se comparada com o mesmo período do ano passado (R$ 29,7 milhões no primeiro quadrimestre deste ano, contra quase R$ 27 milhões no primeiro quadrimestre de 2014), as despesas saltaram de R$ 15,8 milhões para R$ 20,2 milhões no mesmo comparativo. Entretanto, incluindo-se as interferências (Câmara Municipal, fundos), que somaram R$ 8,4 milhões, ainda houve superávit de R$ 1,1 milhão.

A maior parte da receita do período (71,1%) foi originada de transferências correntes (FPM, ICMS, IPVA, royalties), seguidas da tributaria (IPTU, ISS, ITBI – 21,7%). Já as despesas foram principalmente para pessoal e encargos (38,2%) e a soma de outras despesas correntes (material de consumo, locomoção, locação de mão-de-obra etc  – 47,2%). Em investimentos, foram destinados R$ 1,7 milhão (8,6%).

O demonstrativo por função mostrou maior despesa com educação e cultura (41,9%), seguida da pasta de administração (19,3%), habitação e urbanismo (10,5%), agricultura (9,6%) e assistência social (6,2%).

Segundo os dados apresentados, a folha de pagamento do município representa 50,5% das despesas, próximo do limite prudencial, que é de 51,3%. A receita do município prevista para o ano é de R$ 78,7 milhões, enquanto a previsão de despesas é de R$ 62,7 milhões.

Na mesma ocasião, foi discutido também balanço do Fundo de Previdência, cuja folha de pagamento total alcança R$ 241 mil mensais, correspondentes a 202 beneficiários, entre aposentados e pensionistas.

Saúde também avalia quadrimestre

 

No dia anterior à apresentação das metas orçamentárias do município, também foi feita avaliação do primeiro quadrimestre de 2015 do Plano Municipal de Saúde de São Mateus do Sul., destacando receitas, despesas e investimentos, e também um balanço dos atendimentos médicos, unidades de atendimento, equipe, equipamentos, transporte de pacientes e ações por setor.

No período, foram realizadas 23.962 consultas em atenção básica, a maior parte no Ambulatório Central, e 26.441 consultas e procedimentos de enfermagem. No atendimento de urgência e emergência, foram 10,690 consultas médicas e 12,744 procedimentos de enfermagem. Entre os serviços de média e alta complexidade, foram 2.836 consultas nas variadas especialidades pela Cisvali e 661 pelo Sistema MV – Sesa. Nas especialidades credenciadas no município, foram 8.983 consultas.

Acesse os dados apresentados nas duas audiências:

1 QUADRIMESTRE 2015

Audiencia 1 quadr 2015 ADM – Cópia

AUDIENCIA FUNDO DE PREVIDENCIA 2015

AUDIENCIA PUBLICA Primeiro Quadrimestre 2015

Comentários

Leia também:

Prefeito, vice e vereadores tomam posse em Antonio Olinto

Posse em Antonio Olinto

02 de janeiro de 2017

sem-titulo-1

Retrospectiva 2016

23 de dezembro de 2016