De lata em lata, ponto para a natureza

01 de agosto de 2014

Cidadão reúne grandes quantidades de latinhas de alumínio e providencia destinação correta

794latinhas1

Já fazem dois anos que o motorista Mario Estefano Mruz cultiva um hobby pouco convencional, mas que colabora grandemente pelo meio ambiente. Acumulando latinhas de alumínio, ele reúne quantidades que impressionam, e dá a elas o destino correto.

Mário realiza a coleta das latinhas e as acondiciona para dar o volume necessário, para que o caminhão da empresa que realiza a reciclagem recolha o material.  As latas são coletadas em festas e bailes, e também deixadas por catadores que as vendem para ele, ou pessoas que conhecem esse trabalho e as deixam em sua casa.

A quantidade que arrecada em um ano, segundo Mario, é de aproximadamente duas toneladas, enchendo mais de cem sacos grandes de lixo. Além disso, Mario separa também o lacre, que pode ser utilizado para artesanato. Atualmente, guarda cerca de 40 garrafas pet cheias de lacres bem compactados.

É um trabalho que realiza basicamente como lazer. Até arrecada algum dinheiro com a atividade, mas longe de ser algo expressivo. E o que faz é, como enfatiza, sua contribuição para a preservação do meio ambiente. “Faço isso em meu tempo livre, e fico satisfeito por evitar que as latinhas poluam e que sejam aproveitadas na reciclagem”, resume. Mario sugere que a população facilite o direcionamento das latas usadas para reciclagem, separando-as de outros lixos nas sacolas.

Fotos: jornal ACONTECEU

794latinhas

Comentários

Leia também:

Prefeito, vice e vereadores tomam posse em Antonio Olinto

Posse em Antonio Olinto

02 de janeiro de 2017

sem-titulo-1

Retrospectiva 2016

23 de dezembro de 2016