Consumidores mudam o foco das compras de Páscoa em São Mateus do Sul

01 de abril de 2016

São-mateuenses deixaram um pouco de lado os ovos de Páscoa para adquirir caixas, barras ou chocolates artesanais

 

873ovos-de-páscoaFoto: jornal ACONTECEU

 

Com as dificuldades econômicas enfrentadas pelos brasileiros recentemente, o consumidor precisou se adaptar, e sua mudança de postura nas compras foi visível nesta Páscoa, inclusive num cenário de menor proporção como São Mateus do Sul. Por aqui, o consumidor não necessariamente deixou de adquirir os chocolates, mas mudou o foco das compras.

Nos maiores supermercados da cidade, o perfil dos clientes variou pouco. “No ano passado, vendemos muitos ovos de Páscoa e sobraram caixas de bombom. Este ano foi ao contrário. Ficaram mais ovos e faltaram caixas de bombos e barras de chocolate”, comenta o representante da rede Super 70, Pedro Biancolini.

Para a direção dos supermercados Brongiel, as vendas foram condizentes com o cenário nacional, que apresentou quase 10% de queda nas vendas de Páscoa. “Já tendo em vista a redução do poder aquisitivo das pessoas e também aumento nos preços, principalmente dos ovos de chocolate, não aumentamos o estoque este ano e mantivemos o volume de produtos semelhante ao do ano passado”, conta o proprietário, Márcio Brongiel. Ele também percebeu que o interesse dos clientes se voltou para os produtos de menor custo. “As pessoas não deixaram de comprar, mas se contiveram mais nos gastos. Em vez de presentear os entes queridos com ovos de Páscoa, muitos optaram pelas caixas de chocolate”.

 

Chocolates artesanais

Por causa do custo-benefício, muitas pessoas também têm preferido optar pelos chocolates artesanais, cada vez mais comuns em São Mateus do Sul. Nesse ramo, os resultados foram na contramão. “É o quarto ano que trabalho com isso, e este ano foi o melhor. Não consegui atender a todos”, revela Silvana Guimarães, especializada nos ovos de chocolates recheados para comer com colher. Ela percebeu que muita gente “migrou” das marcas tradicionais para os chocolates caseiros. “Principalmente devido ao preço e a quantidade de chocolate”, ressalta.

Foi fácil encontrar ovos artesanais até três vezes maiores do que os de mesmo preço das marcas populares.

 

Queda nacional

De acordo com o Indicador de Atividade do Comércio da empresa de consultoria Serasa Experian, o comércio faturou 9,6% a menos na Páscoa deste ano em comparação ao mesmo período do ano passado. Os dados, colhidos de 21 a 27 de março, representam o pior desempenho da série, iniciada em 2007. Ao considerar apenas o final de semana da Páscoa (25 a 27 de março), a queda alcançou 9,9% em relação aos mesmos dias de 2015.

Economistas da Serasa avaliam que o aprofundamento da recessão econômica, o desemprego em trajetória de elevação e a queda do poder de compra dos consumidores devido à inflação provocaram os resultados negativos.

Comentários

Leia também:

Prefeito, vice e vereadores tomam posse em Antonio Olinto

Posse em Antonio Olinto

02 de janeiro de 2017

sem-titulo-1

Retrospectiva 2016

23 de dezembro de 2016