Comitiva em defesa da SIX é recebida pelo vice-presidente da República, Michel Temer

05 de fevereiro de 2016

Reunião que estava agendada com o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, foi suspensa por problemas de saúde, mas visita a Brasília acabou não sendo em vão

 

IMG-20160203-WA0041Foto enviada pela comitiva

 

Uma comitiva são-mateuense, acompanhada da bancada de deputados paranaenses e da senadora Gleisi Hoffmann, marcou presença em Brasília nesta quarta-feira (3) para reunião com o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, a fim de discutir o futuro da Unidade de Industrialização do Xisto (SIX) de São Mateus do Sul, diante da possibilidade de desativação estudada pela Petrobras. Poucos minutos antes do encontro, o grupo foi informado da suspensão da reunião por causa de um problema de saúde do ministro, mas a visita a Brasília não foi em vão: a comitiva foi recebida pelo vice-presidente da República, Michel Temer.

Segundo o prefeito de São Mateus do Sul, Clovis Ledur, Temer se sensibilizou com a situação e pessoalmente se encarregou de agendar uma nova reunião com o ministro para depois do feriado de Carnaval, inclusive com a presença de representantes da Petrobras. “Assim poderemos discutir isso amplamente e chegar a uma conclusão coerente”, afirma Ledur. “Vejo isso com tranquilidade. Acho que demos um passo importante hoje, até porque tivemos o privilégio de ser recebidos pelo vice-presidente”.

Também presente na comitiva, o presidente da Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de São Mateus do Sul (ACIASMS), Edson Dacoregio, reiterou que houve uma mobilização imediata para promover o encontro com Temer, e que, com isso, o encontro foi bastante positivo.

 

Fotos: Assessoria Gleisi Hoffmann

 

 

Governador entrega carta ao ministro

Na segunda-feira (1º), o governador do Paraná, Beto Richa, entregou uma carta ao ministro Eduardo Braga pedindo a manutenção da unidade da Petrobras em São Mateus do Sul e argumentando em relação aos impactos de um fechamento.

“A manutenção desta unidade não é apenas uma questão de interesse social e econômico dos paranaenses, mas um assunto estratégico para o Brasil e para a Petrobras, empresa que continuará exercendo papel central no desenvolvimento nacional e em breve retomará mais vigorosamente os investimentos na ampliação de sua produção”, diz a carta assinada pelo governador.

O prefeito de São Mateus do Sul, Clovis Ledur, e o vice Clóvis Distéfano, já estavam em Brasília para a reunião de hoje, e participaram do encontro entre o governador e o ministro.

 

IMG20160201WA0009Foto: Divulgação ANPr

 

Lideranças buscam licença para ampliar capacidade de processamento do lastro em São Mateus

Lideranças são-mateuenses, junto dos deputados estaduais Alexandre Curi e Hussein Bakri, estiveram na sede do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), no dia 27 de janeiro, onde discutiram, junto ao presidente do IAP, Luiz Tarcísio Mossato Pinto, uma alternativa que poderia colaborar pela produção da Unidade de Industrialização do Xisto (SIX) e combater o risco de desativação.

No encontro, foi feito o pedido de uma licença prévia que garantiria a ampliação do processamento do lastro (recuperação da “borra” do petróleo para reaproveitamento). “Se a licença prévia for liberada pelo IAP, a empresa vai reduzir os gastos, e essa pode ser uma medida que salvaria a unidade de fechar as portas no município”, explicou Distéfano.

O presidente do IAP ficou de analisar o pedido e dar uma resposta dentro de poucos dias.

Comentários

Leia também:

Prefeito, vice e vereadores tomam posse em Antonio Olinto

Posse em Antonio Olinto

02 de janeiro de 2017

sem-titulo-1

Retrospectiva 2016

23 de dezembro de 2016