Comitiva da região leva demanda da PR 364 a Brasília

29 de julho de 2016

Foco foi o trabalho em prol da liberação dos empréstimos junto ao BID para viabilizar a pavimentação

 

foto-Nilton-PabisFoto: Nilton Pabis

 

Da redação, com informações Folha de Irati

Lideranças políticas e da sociedade civil organizada dos municípios de São Mateus do Sul, Irati e Rebouças estiveram em Brasília, na semana passada, para discutir a pavimentação da PR 364. A comitiva, organizada pelo presidente do Instituto Teotônio Vilela do Paraná (ITV-PR), Marcello Richa, se reuniu com o ministro das Cidades, Bruno Araújo, e com a subsecretária de Relações Financeiras Intergovernamentais do Tesouro Nacional, Pricilla Maria Santana, tendo como foco a liberação do empréstimo que o Paraná pleiteia junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), e que pode viabilizar a tão aguardada obra.

A pavimentação dos 47 quilômetros que ligam São Mateus do Sul e Irati demanda um recurso de cerca de R$ 130 milhões. A obra está incluída nos investimentos de um dos três empréstimos a serem liberados, e para que isso aconteça, eles deverão passar por avaliações e etapas delimitadas pelo Tesouro Nacional.

A articulação das lideranças foi para mostrar o que a obra representa social e economicamente para a região, cobrar pela sua execução e também acompanhar o trâmite para a liberação dos recursos. Presente na ocasião, o presidente da Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de São Mateus do Sul (ACIASMS), Edson Dacoregio diz que o ministro e a subsecretária mostraram intenção de colaborar para essa liberação. “Houve ciência, dentro do Tesouro Nacional, de que o estado do Paraná ficou de fora de muitos projetos do governo federal. E agora percebemos uma sincronia de ideias, que o Estado tem como prioridade essa obra. Isso tende a efetivar essa liberação”. A presença constante da sociedade, para ele, é vital neste momento. “O latente pedido por esse asfaltamento, sempre foco de promessas, é quase motivo de piada, mas vemos a comunidade, a iniciativa privada e as entidades cada vez mais entrosadas, então sentimos que a corrente está puxando a favor de nós”.

Comentários

Leia também:

Prefeito, vice e vereadores tomam posse em Antonio Olinto

Posse em Antonio Olinto

02 de janeiro de 2017

sem-titulo-1

Retrospectiva 2016

23 de dezembro de 2016